Turnover na Empresa: Saiba o que é, como diminuir e fazer seu cálculo

Flávia Scalon - 16/06/2018 - 0 Comentário(s)

Turnover é um termo utilizado nas empresas quando há muita rotatividade de colaboradores.

Em corporações de grande porte é muito comum que haja essa rotatividade, podendo ser prejudicial à empresa.

Isto por que, a equipe de funcionários é parte fundamental para um negócio ter sucesso.

Acompanhe este artigo, entenda o que é o Turnover, como diminuí-lo e como calculá-lo.

O que é Turnover?

O Turnover nada mais é que a alta rotatividade de funcionários em uma empresa, enquanto um é admitido, outro é dispensado, e assim de forma sucessiva.

Isso pode acontecer por diversos fatores. Abaixo estão listados alguns deles:

  • Insatisfação com o trabalho que exerce;
  • Baixa remuneração;
  • Condições de trabalho ruins;
  • Problemas na gestão de pessoas;
  • Clima organizacional ruim e desfavorável;
  • Falta de experiência;
  • Perfis inadequados;
  • Mercado de trabalho saturado, etc.

Essa rotatividade de admissões e demissões geram muitos gastos as empresas, portanto, para o departamento de RH, o Turnover é um grande problema.

Lembrando que, o Turnover varia de segmento para segmento, devido ao modelo de cada negócio.

Portanto, para a diminuição dessa rotatividade, são necessários algumas estratégias, continue acompanhando o artigo e saiba quais são.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Impactos do Turnover

São existentes apenas duas situações que geram o Turnover: quando um funcionário pede demissão e quando é demitido.

Quando a empresa demite um funcionário sem justa causa, os encargos trabalhistas são maiores, custando mais caro à mesma.

E caso seja feito de forma sucessiva e sequencial, pode causar danos ao caixa da corporação, assim como no clima organizacional, gerando insegurança entre os funcionários.

Já uma demissão por justa causa, tende a ser mais tranquila dentro da empresa, pois, dificilmente atingirá o clima organizacional da mesma.

Portanto, como citado acima, o Turnover é gerado por duas situações, e cada uma delas trazem algumas consequências, sendo elas:

  • Demissão sem justa causa;
  • Demissão com justa causa;
  • Clima Organizacional;
  • Encargos;
  • Treinamento de novos funcionários.

Ou seja, todas essas consequências podem abalar a empresa de alguma forma, seja com custos de encargos trabalhistas ou treinamentos e recrutamentos especializados para novos colaboradores.

Assim, é importante que todo o processo de contratação seja feito de forma organizada e bem pensada, para evitar as causas citadas ao decorrer do tópico.

Como reduzir o Turnover na empresa?

Para que haja redução de Turnover na empresa, é preciso ter algumas estratégias corporativas, organizá-las e colocá-las em prática.

Algumas dessas estratégias podem ser: Agir com transparência na gestão; Treinamentos específicos para cada setor; Planejamento de carreiras das equipes; Feedback entre empresa e funcionários, entre outros.

Use técnicas modernas para gerar engajamento, aprendizado e motivação nos colaboradores, como a Gamificação.

Verifique a situação da empresa, identifique as falhas e se preciso, renove a equipe de trabalho com qualidade.

Tente também, diminuir a rotatividade de pessoal e fazer pesquisas e análises de todos os funcionários em todos os setores.

Porém, tenha sempre o auxílio de um setor de Recursos Humanos para que estas estratégias sejam aplicadas de maneira correta.

Entenda como calcular o Turnover

Após saber o que é o Turnover e como diminui-lo na empresa, verifique a fórmula para o cálculo:

Número de desligados da empresa nos últimos 6 meses ÷ Número do total de funcionários da empresa

A fórmula, portanto, é: dividir o número de desligados da empresas nos últimos 6 meses pelo número total de funcionários da empresa.

Assim, é possível verificar, por meio de números, quantos funcionários estão saindo da empresa em um período de 6 meses e quantos são mantidos e contratados nesse meio tempo, além de conseguir verificar os custos e gastos por conta dessas atividades.

Esse tipo de cálculo e processo é feito de melhor maneira por um profissional de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas.

Além da gestão de funcionários, invista na gestão completa de sua empresa

Mesmo com o controle de funcionários, uma empresa tem necessidade de uma gestão completa de todas as áreas, o que também auxiliará na análise do impacto da rotatividade de funcionários.

Isso é possível com um software ERP de gestão fiscal e administrativa de qualidade, como o da Soften Sistemas.

Os sistemas disponibilizados permitem gestão fiscal, controle de estoque, financeiro e de vendas, além de treinamento especializado e suporte técnico ilimitado.

Os sistemas são o Soften SIEM, instalado em Desktop e o GerencieAqui, online em nuvem.

Não perca tempo e facilite os processos de sua empresa com os produtos e serviços da Soften.

Entre em contato com a empresa ou acesse o site para conhecer sobre todos eles.

Conheça Soften Sistemas

Gostou deste artigo? Compartilhe-o com amigos e parceiros e continue acompanhando as atualizações do Blog da Soften.

Assine também a Newsletter e receba materiais gratuitos e exclusivos.

E caso surja alguma dúvida, comente abaixo que a Soften lhe responderá.

Não se esqueça de acompanhar as redes sociais da Soften: Facebook, Instagram,Twitter, Linkedin e Youtube.

Flávia Scalon
Flávia Scalon

É formada em publicidade e propaganda, pós graduada em gestão de comunicação integrada e uma das principais autoras do blog. Especialista em assuntos fiscais. Nas horas vagas, gosta de ler sobre romance, comédia, drama, entre outros assuntos, também curte vários estilos musicais e aprecia múltiplas culinárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!