Conheça o sistema de gestão mais completo para seu negócio

Série da NFe: conheça a sua importância e como alterar

Diogo Oliveira - 27/03/2018 - 21 Comentário(s)

Uma das partes obrigatórias para a emissão fiscal é a série da NFe que segue um padrão definido pela Secretaria da Fazenda.

A série da NFe auxilia no controle das emissões de notas e identificação do tipo de emissão.

A numeração sequencial segue uma série de normas e padrões pré estabelecidos e é de extrema importância que os contribuintes estejam por dentro delas.

Para tirar as dúvidas sobre a questão e deixar os empreendedores por dentro do assunto a Soften preparou este artigo. Acompanhe!

O que é a série da NFe?

A série da NFe é um número sequencial que define a numeração da nota e no caso de empresas que utilizam mais de uma série facilita a identificação do grupo de notas a que pertence tal série.

Dessa forma a série da nota serve para controle das emissões e identificação do modo de emissão.

Quando instituída a NFe por meio do Ajuste SINIEF 07/05 só era permitida a utilização de uma série por vez sendo iniciada pela de número 1.

Depois, com o Ajuste SINIEF 08/09 abriu-se a possibilidade de números de séries distintos ao mesmo tempo para a emissão.

A numeração de série da NFe deve ser sequencial e crescente para que se tenha um controle eficaz das emissões.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Como funciona a numeração da série?

Como já sabemos a NFe é um novo modelo da nota fiscal, o modelo 55 que substitui os antigos modelos “1, 1A e 4”.

Para saber tudo sobre a NFe acesse este artigo preparado pela Soften para esclarecer tudo sobre o documento

Por se tratar de um novo modelo então a série da NFe deve ser iniciada pelo numero 1, ou seja, por uma série nova.

A série tem uma numeração que vai de 1 até 999.999.999 e caso seja alcançado o limite ela deverá ser reiniciada.

A numeração da nota por sua vez pode ir de 000.001 a 999.999 e quando atingido tal quantidade deverá ser iniciado uma nova série.

Dessa forma a numeração da série abarca nove números, seguindo a seguinte estrutura: modelo da nota, série e depois a numeração da mesma.

Veja o exemplo a seguir:

Uma nota é emitida com a seguinte numeração: 551000125

O modelo da nota 55

1 é a série

000125 é o número da nota

Perceba que a numeração final da nota segue um padrão de nove dígitos, isso significa que só é possível a inserção de um número de série.

Contudo, como vimos anteriormente a série pode chegar a 999.999.999 e não seria possível inserir tal número na nota.

Para isso foi criada a chamada série virtual, onde um único número substitui e especifica a série na nota.

Entenda a Série Virtual

A Secretaria da Fazenda especificou que a série da nota pode ir de 1 até 999 para a série virtual e apresentação da numeração.

As séries de 890 a 899 são de uso exclusivo para a emissão de NFe Avulsa, caso seja permitida pela SEFAZ do estado.

E a numeração 900 à 999 é exclusiva para emissões em contingência realizadas no Sistema de Contingência do Ambiente Nacional – SCAN.

Contudo, como vimos na numeração da nota só pode conter nove dígitos.

Para que esse padrão seja seguido, foi criado a série virtual onde um único número substitui o número de série real com dois dígitos ou mais na nota.

Esse padrão é para autorização da NFe, contudo no XML e DANFE da nota aparecerá o numero real da série.

Veja como funciona utilização da série virtual no sistema Soften SIEM neste artigo.

Como utilizar dois números de séries ou alterar o número de série?

Como dito anteriormente, foi dada a permissão a partir do Ajuste SINIEF 08/09 para a utilização de dois números de séries distintos paralelamente.

Ou seja, é possível um número de série para cada tipo de operação, por exemplo, série 1 para notas de entrada e série 2 para notas de saídas.

O contribuinte que for utilizar mais de um número de série para distinguir as operações precisa informar o posto fiscal.

Além disso é solicitado que se relate no livro de Registro de Utilização de Documentos Fiscais e Termos de Ocorrência – RUDFTO, a utilização dos números de séries para fins de fiscalização.

Feito isso, basta alterar a série no seu sistema de emissão de NFe e utilizar conforme definido anteriormente junto ao contador.

No sistema Soften SIEM, para alterar a série é muito simples, após entrar em contato com o suporte cadastrar e configurar as séries e os números de notas a serem utilizados, basta seguir os seguintes passos:

No momento da emissão, clique na opção “Série Atual: 0 (mudar)”

Serie da NFe

Altere para a série escolhida e configurada, e realize a emissão da NFe.

Serie da NFe 2

Inutilização de números de série

Pode ser que por falha técnica ou problemas com sistema o contribuinte realize uma quebra de sequência na numeração das notas.

Por conta disso ele precisará solicitar a inutilização dos números que não serão usados por conta do ocorrido.

Por exemplo, foi realizada a emissão da nota 551000125 e por alguma falha na próxima emissão foi emitida a nota 551000130, pulando as notas 126 à 129.

Esse números devem ser inutilizados pois não é possível mais serem utilizados por conta do número de série ser sequencial e para não causar uma confusão não é possível voltar a numeração.

Para realizar a inutilização da numeração o contribuinte deverá informar à SEFAZ do seu estado a inutilização por conta da falha até o décimo dia do mês subsequente.

Se a SEFAZ perceber alguma irregularidade ela poderá negar a inutilização e pedir uma explicação ou até mesmo uma auditoria.

Perceba que a série da NFe exige muita atenção do contribuinte para que não seja emitida notas com duplicidade numérica ou que lhe cause algum problema com o fisco.

Busque segurança e praticidade nas emissões de NFe

Recomendamos que para que sua empresa realize as emissões com dados corretos, você busque um auxílio contábil.

O contador verificará as especificações da sua empresa e lhe auxiliará com os dados corretos para a emissão de NFe.

Para o processo de emissão busque um sistema de qualidade e que facilite a gestão fiscal do seu negócio.

Conheça os sistemas emissores da Soften Sistemas, empresa especializada em softwares de gestão fiscal e empresarial.

Além de sistemas competentes na emissão de notas e gerenciamento ERP a Soften dispõe de suporte técnico especializado e gratuito para auxiliar seus clientes.

Entre em contato com a Soften e conheça mais sobre os seus pacotes e serviços.

Conheça Soften Sistemas

Se você gostou deste artigo compartilhe-o com seus amigos e continue acessando o Blog da Soften que é atualizado diariamente com textos para você empreendedor.

Se tiver alguma dúvida deixe seu comentário que ficaremos felizes em respondê-lo!

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

21 Comentário(s)

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!