SAT Fiscal: Conheça 6 pontos de atenção antes de comprar o seu

Diogo Oliveira - 26/12/2018 - 0 Comentário(s)

O SAT Fiscal é um equipamento fiscal obrigatório para empresas varejistas para a emissão do cupom fiscal eletrônico.

E como em 2018 a obrigatoriedade de utilização do equipamento se estendeu a todos os empresários é preciso ficar atento às especificações.

Ou seja, é preciso que o empresário tenha pontos de atenção antes de adquirir o SAT Fiscal.

Acompanhe neste artigo 6 pontos de atenção antes de comprar o equipamento SAT da empresa.

Obrigatoriedade do SAT Fiscal, entenda

No estado de São Paulo, em substituição às antigas notas de venda ao consumidor modelo 2 foi instituído o uso do SAT.

O equipamento substitui também os antigos equipamentos ECF – Emissores de Cupom Fiscal.

SAT – Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais é um aparelho que além de validar realiza a transmissão do CF-e à Receita.

Ou seja, automatiza a emissão dos cupons fiscais do estabelecimento garantindo agilidade e segurança.

O equipamento fiscal começou a ser utilizado a partir de 2015, de acordo com um cronograma pré estabelecido.

Além disso, o SAT dispensa a utilização de impressora fiscal, podendo ser utilizado uma impressora comum, e é controlado por meio de um aplicativo comercial na máquina.

Além disso nele é possível armazenar as informações dos cupons caso não seja possível realizar a transmissão e validação no mesmo momento.

A comunicação, validação e transmissão dos cupons à Secretaria da Fazenda SEFAZ é realizada pelo sistema com o auxílio do Certificado Digital da empresa.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Antes então de adquirir um aparelho SAT para a sua empresa é preciso ficar atento à alguns detalhes:

1 – Quem está dentro da obrigatoriedade?

Como dito anteriormente a obrigatoriedade de uso do SAT atinge quase que por completo todo o comércio varejista de SP.

A implantação seguiu o seguinte cronograma:

  • A partir de Outubro de 2015, empresas com ECFs cuja primeira lacração possuísse mais de 5 anos, e novas empresas inscritas no cadastro estadual de ICMS;
  • A partir de Janeiro de 2016 entraram as empresas que obtiveram faturamento de R$ 100 mil ou mais em 2015;
  • Em Janeiro de 2017 foi a vez das empresas que obtiveram faturamento de R$ 80 mil ou mais em 2016;
  • Em Janeiro de 2018 foi a vez das empresas que apresentaram faturamento de R$ 60 mil ou mais em 2017.

2 – Qual a legislação que regula a utilização do SAT?

A utilização, especificações e legislação do SAT no estado de São Paulo é regulamentada pela Portaria CAT 147/2012.

Nela é apresentada as empresas que estão inseridas na obrigatoriedade de utilização do sistema.

Além também das especificações quanto à homologação e ativação do equipamento junto à SEFAZ.

Lembrando, que em 2018 foi definido que as empresas devem possuir um SAT reserva ativado, para fins de fiscalização e segurança.

3 – Como saber quais equipamentos são de qualidade?

Para isto, você pode verificar uma lista de equipamentos recomendados pela própria SEFAZ do estado de SP.

Além disso, busque empresas que tenham boas avaliações no mercado referentes aos seus produtos.

Pesquise não só as avaliações, mas busque também a opinião de especialistas em equipamentos de automação.

4 – Somente o equipamento SAT é o bastante para realizar as emissões?

Não, para que a empresa possa utilizar o SAT para o processo de emissão das notas fiscais é preciso possuir:

  • Computador com porta USB;
  • Aplicativo comercial – PDV – Frente de Caixa;
  • Impressora Comum não Fiscal;
  • Acesso à Internet;
  • Equipamento SAT.

5 – Eu só consigo emitir os cupons se estiver conectado à Internet?

Sim, pois é pela Internet que se realiza a comunicação e transmissão do cupom fiscal à SEFAZ.

No entanto, caso haja algum tipo de problema com a internet o estabelecimento pode realizar a emissão dos cupons.

Contudo, no máximo em 10 dias deve regularizar e realizar a validação e transmissão dos dados à receita do estado.

6 – Vantagens em utilizar o sistema SAT

O empresário que utiliza o SAT no seu estabelecimento tem aliado uma série de benefícios para o seu negócio:

  • Agilidade nas operações comerciais;
  • Menor custo de aquisição e manutenção de equipamentos;
  • Maior agilidade na consulta e transmissão de dados à Receita;
  • Simplificação das obrigações fiscais;
  • Menor índice de erros nos processos fiscais da empresa;
  • Menor complexidade de uso do sistema;
  • O equipamento não precisa ficar à mostra de consumidores e fisco.

Adquira os melhores equipamentos com as melhores condições

Se a sua empresa está adequada e você já prestou atenção em todas as especificações da utilização do SAT, chegou o momento de adquirir um.

Para isto, conheça a Automatizei, empresa parceira da Soften Sistemas, que é especialista em equipamentos de automação comercial.

Além do SAT, a empresa conta também com Impressora Não Fiscal, Leitor de Código de Barras e Certificado Digital.

Sem contar que os equipamentos da Automatizei casam muito bem com os sistemas de gestão da Soften.

Entre em contato com a Soften fale com um atendente da Automatizei e adquira o melhor equipamento com as melhores condições para a sua empresa.

Fique atento ao Blog da Soften que é atualizado diariamente com posts para auxiliar a gestão empresarial.

Não deixe também de acompanhar as Redes Sociais da Soften: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube e da Automatizei:  FacebookInstagramTwitter.

Ficou com alguma dúvida? Utilize o campo de comentários logo abaixo.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!