Conheça o sistema de gestão mais completo para seu negócio

Roadmap: Saiba o que é e como fazer o seu

Diogo Oliveira - 17/04/2019 - 0 Comentário(s)

O Roadmap é um excelente norte para que as empresas saibam para onde querem seguir, sem perder o foco.

Dessa forma, a empresa consegue se projetar a longo prazo, adicionando novas funcionalidades nos seus produtos e/ou serviços.

A partir disso, o empreendedor além de ter uma segurança de gestão, consegue suprir e ultrapassar as expectativas dos clientes.

Aprenda tudo sobre esta técnica e saiba como fazer um Roadmap para sua empresa.

Entendendo o que é Roadmap

Construir uma casa e não possuir nenhum tipo de projeto ou planejamento, fará com que o processo venha ser mais demorado e não dê resultados satisfatórios.

Por esse e outros motivos, que é importante possuir um planejamento que ofereça um foco a ser seguido e alcançado.

É dessa forma que as empresas precisam trabalhar quando houver desenvolvimento de projetos que incluem grandes investimentos e altos resultados.

É justamente no emaranhado de ideias e desejos, que entra o Roadmap trabalhando como uma bússola.

Isto porque, o Roadmap é uma espécie de mapa que auxilia as empresas a desenvolver um produto ou serviço.

Assim como é uma ferramenta excelente para resolver o problema que a empresa pode ter quando não está obtendo bons resultados com o serviço ou produto oferecido.

Dessa forma, o Roadmap deve oferecer um ponto de partida e um de chegada, ou seja, onde se quer chegar.

A partir disso é possível que todos os envolvidos no desenvolvimento e comercialização dos produtos saibam como deve caminhar a empresa.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Saiba como funciona o Roadmap

O Roadmap – em tradução direta ‘Roteiro’ – é estruturado como uma linha do tempo visual, onde todos saberão exatamente por onde começar e como deve terminar o projeto.

Dessa forma, a empresa consegue manter todos os envolvidos no projeto, por dentro de toda a evolução no desenvolvimento do mesmo.

A partir dessa chamada “bússola gerencial”, todos os Stakeholders conseguem se nortear dos processos e evolução.

Em um desenvolvimento de produtos como software, é preciso seguir alguns princípios e ter bem claros quais as funcionalidades para um MVP.

Pois, após a ideia inicial, é preciso ter alguns testes e ver se o produto realmente funcionará como no projeto inicial.

O Roadmap é um ponto de referência neste processo, pois, mantém a ideia inicial e consegue fazer com que o produto siga o ideal do início.

Sem contar que, não adianta nada ter uma ideia inicial e não saber por onde começar, nem para onde caminhar.

Objetivo de utilização do Roadmap

O Roadmap funciona como uma espécie de script, utilizado em peças de teatros, novelas e projetos de atuação.

Ou seja, é a forma de dar norte ao desenvolvimento do trabalho dentro da empresa.

O Setor de Recursos Humanos pode incluir a utilização da técnica no treinamento de novos colaboradores.

Para que assim, eles estejam sempre por dentro dos objetivos e caminhos que a empresa segue.

Dessa forma, o objetivo principal da metodologia é fazer com que o empreendimento responda às seguintes perguntas:

  • Onde estamos?
  • Onde queremos chegar?
  • Como faremos para chegar?

Contudo, não se engane, pois a função do Roadmap não é somente alinhar informações e harmonizar os processos da empresa.

Ele trabalha muito bem também na organização das ideias de desenvolvimento, para assim priorizar o que realmente será eficiente.

Assim, o empresário agrega o melhor valor ao produto e a empresa, e consegue também mensurar gastos e contribuir no desenvolvimento do orçamento da ação.

Montando um Roadmap

Como dito, o Roadmap é uma espécie de linha do tempo visual, onde é especificado todas as particularidades do projeto a ser desenvolvido.

Portanto, é preciso um processo minucioso desenvolvido em quatro passos, para definir o início e o fim do projeto, além das particularidades.

1 – Anote as ideias

Tire as ideias e transporte-as para o papel, anote tudo que foi pensado acerca do projeto.

Você pode também validar a sua ideia com possíveis clientes, para assim já analisar a possível viabilidade de aplicação.

2 – Brainstorming

Anotou e validou a ideia? Vale a pena investir no projeto? Chegou o momento do brainstorming.

Com a ideia transferida para o papel, convoque todos os envolvidos e stakeholders e deixem que proponham possíveis soluções e caminhos.

3 – Organização e Hierarquização

Com todas as ideias coletadas durante o brainstorming, é preciso organizá-las e verificar as mais viáveis.

Coloque em confronto o objetivo da empresa, o que os clientes esperam e as possibilidades orçamentárias.

Feito isso, chega-se ao objetivo de definir o caminho a ser seguido, assim como todas as suas particularidades.

4 – Roteirize e Revise

Após todos os passos, chegou o momento de montar o roteiro e assim apresentar a todos os envolvidos.

É de extrema importância que o roteiro seja revisado e se necessário, editado frequentemente para possíveis melhorias.

Dicas essenciais

Para a validação da ideia, é de extrema importância que se levem em conta alguns elementos que deem foco à ideia e seu resultado.

Uma excelente forma de validar junto aos clientes, é inserir no produto ou serviço um espaço para sugestões.

Dessa forma, a empresa acolhe as sugestões do cliente e assim pode se realizar melhorias no produto ou serviço.

É preciso também manter um nível aceitável de custo e valor, para assim garantir os melhores retornos financeiros.

E por último, é importante aplicar o Diagrama de Kano e assim trabalhar os produtos e serviços, para garantir a satisfação total dos clientes.

Gestão administrativa para desenvolvimento dos processos

Para que todos os processos de desenvolvimento de produtos e processos sejam realizados de maneira eficiente, é bom utilizar as ferramentas certas.

Utilize os softwares da Soften Sistemas para gestão ERP, que integra os setores fiscal, de estoque, comercial e financeiro.

Além disso, a empresa conta com implantação e treinamentos gratuito, e auxílio do suporte técnico ilimitado.

Conheça Soften Sistemas

Adquira hoje mesmo uma ferramenta que vai simplificar a gestão do seu negócio.

Compartilhe também este conteúdo com seus amigos e não deixe de acompanhar o Blog da Soften.

Deixe seu comentário logo abaixo e siga a empresa nas Redes Sociais: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!