Conheça o sistema de gestão mais completo para seu negócio

Reposição de Estoque: Saiba como fazer e sua importância

Diogo Oliveira - 08/09/2018 - 0 Comentário(s)

O trabalho de reposição de estoque é atividade essencial para a manutenção dos produtos e materiais necessários para a atividade da empresa.

É importante manter as prateleiras sempre abastecidas, afinal, é muito chato um cliente buscar o produto e não encontrá-lo.

Sem contar que caso isso aconteça sua empresa pode perder clientes fiéis.

Por este motivo, veja neste texto da Soften a importância de investir no controle e organização da reposição de estoque.

Reposição de estoque e sua importância

Muitos empresários costumam não dar a devida a atenção para o controle e reposição de estoque do seu negócio.

Isto por que, muitos deles veem como uma atividade complicada, além de trazer gastos para a empresa.

Contudo, é de extrema importância a manutenção e controle do estoque, para atender a demanda de vendas da empresa.

Já imaginou uma Padaria que não tem Pão, por que não há mais farinha no estoque?

É justamente este tipo de situação que a devida reposição de estoque pode evitar para a empresa.

Por este motivo é preciso que o gestor fique atento quanto à necessidade de reposição de mercadorias e materiais necessários para a atividade da empresa.

 

De quanto em quanto tempo deve ser a reposição?

Para saber quando deve ser realizado a reposição do seu estoque é preciso compreender a variação de vendas da empresa.

Ou seja, a reposição é realizada de acordo com a necessidade e o fluxo de vendas do negócio.

Temos duas possibilidades que alteram o tipo de reposição e a sua periodicidade:

Se a sua empresa possui um constante fluxo de vendas, ou seja, não possui grandes variações, é possível mensurar o tempo de reposição.

Basta definir um calendário de reposição e desta forma manter o seu estoque sempre em dia.

Agora se a sua empresa apresenta aquilo que se chama de “Cardiograma”, ou seja, uma grande variação.

Em que em um mês as vendas podem ser baixas e no outro pode haver um aumento repentino, a abordagem é outra.

Nestes casos, pode ser realizado um acordo com os fornecedores para a entrega dos produtos conforme a necessidade.

Podem ser realizados também os pedidos de venda de acordo com a média mensal de vendas.

Contudo, é uma estratégia arriscada e que pode trazer problemas, caso a variação seja muito grande.

Conheça o seu fluxo de estoque

Para iniciar o processo de gestão e controle do seu estoque é preciso conhecer o estoque máximo e mínimo da empresa.

Por meio da organização e conhecimento dos fatores acima é feita a previsão de demanda dos produtos, o que vai facilitar na reposição.

Veja o que significa cada um dos fatores citados:

  • Estoque Máximo

Não é o fator mais importante para o processo de reposição e controle de estoque.

Contudo, tem o seu grau de importância à medida que define o máximo de estoque possível para a empresa.

Tais dados podem ajudar para que o espaço físico do estoque esteja preparado de acordo com a demanda de produtos.

  • Estoque mínimo

Também chamado de estoque de segurança, é o ato de manter um “Ás” na manga no caso de atraso de entrega de um determinado produto.

Ou seja, o gestor mantém uma quantidade de estoque mínima que seja capaz de manter a empresa operante no caso de não possuir a mercadoria.

Contudo, muita atenção pois o estoque de segurança só deve ser utilizado em casos da compra já efetuada.

Para calcular o estoque mínimo há uma fórmula básica: Demanda média x Tempo de Entrega.

Por exemplo, uma papelaria que vende 5 canetas no dia e o prazo médio de entrega é de 10 dias.

O estoque deve ter no mínimo 50 canetas para no caso de acabar as canetas neste tempo de entrega.

Algumas dicas

Para uma economia e retenção de gastos no controle de estoque, adote algumas estratégias:

  • Conheça os produtos que têm menor saída, e diminua a compra ou extingue-os;
  • Mantenha no estoque somente os produtos com maior venda;
  • Faça uma análise de mercado, busque fornecedores com melhores preços;
  • Invista em um sistema de controle de estoque.

Controle o estoque com simplicidade e agilidade

Para o controle apurado, simplificado e ágil, invista em um sistema de gestão administrativa e fiscal.

Tais sistemas que trabalham com o modelo ERP, garantem controle apurado do estoque de acordo com a necessidade comercial.

Além também de análises financeiras eficientes para a reposição e gastos de estoque.

Para isto, entre em contato com a Soften Sistemas, referência no setor de softwares.

Além disto, tenha o auxílio de qualidade do suporte técnico especializado da empresa.

Conheça Soften Sistemas

Acompanhe as atualizações do Blog da Soften, e compartilhe este texto com amigos.

Não deixe também de seguir as Redes Sociais da empresa: FacebookInstagram,TwitterLinkedin Youtube.

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão? Deixe seu comentário logo abaixo.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!