Rejeição 481 – Código Regime Tributário do emitente diverge do cadastro na SEFAZ

Regime Tributário

Quando uma NF-e for emitida e o Código do Regime Tributário do emitente for diferente do que consta no cadastro da SEFAZ, o sistema retornará a rejeição 481.

 

O que Causa a Rejeição 481?

Para que a Nota Fiscal Eletrônica seja autorizada pela SEFAZ, é preciso que os dados coincidam com as informações cadastradas no Governo, se elas divergirem, ocorrerá a rejeição 481.

Por diversos fatores o Regime Tributário de uma empresa pode ser alterado. O mais comum é que as empresas estourem o limite de faturamento anual.

Em casos como este, a própria SEFAZ faz a alteração no regime tributário da empresa, sendo necessário o intermédio da contabilidade para reverter o quadro.

 

Como Resolver no Soften SIEM?

Acesse o site do SINTEGRA clicando aqui.

Clique no estado do emitente, utilizando o mapa ou a lista ao lado.

Rejeição 481

 

Em IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO preencha o CNPJ e consulte.

Rejeição 481

 

 

Verifique em qual REGIME DE APURAÇÃO a empresa se encontra.

Rejeição 481

 

Volte na área de trabalho e logue com o acesso do administrador (ADMIN).

Rejeição 481

 

Feito isso, clique em CONFIGURAÇÕES > EMPRESA.

Rejeição 481

 

No campo CRT (Reg. Trib.), preencha igual ao Regime de Apuração do Site do SINTEGRA.

Lembrando que 1 = Simples Nacional e 3 = Regime Normal.

Rejeição 481

 

Confirme a mensagem de alterações, perceba que neste momento o sistema foi fechado automaticamente.

Agora entre no sistema, abra a NF-e, finalize e tente transmiti-la novamente.

 

Ainda Precisa de Ajuda?

 

Segue um vídeo com um breve resumo referente ao que foi falado acima:

Caso as dúvidas permaneçam, entre em contato com o nosso suporte técnico, o melhor da América Latina!

Guilherme Ferraz
Guilherme Ferraz

Mais conhecido como Ferraz, é formado em Engenharia Civil, com especialização em gestão de pessoas e processos. Hoje é diretor de suporte técnico e quando sobra um tempinho escreve para o blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts de interesse