Qual Certificado Digital utiliza o Emissor NFe Sebrae?

Diogo Oliveira - 08/07/2018 - 0 Comentário(s)

Saber qual Certificado Digital utiliza o Emissor NFe Sebrae, pode ser a dúvida de muitos empresários.

O emissor NFe Sebrae é hoje a única opção gratuita no mercado e ainda causa uma série de dúvidas em empreendedores.

Acompanhe este artigo preparado pela Soften e saiba tudo sobre o Certificado Digital utilizado pelo sistema do Sebrae.

Além disto saiba também como realizar a instalação do Certificado no emissor.

Sobre o emissor NFe Sebrae

Desde 2017, quando a SEFAZ de SP decidiu por descontinuar o seu emissor gratuito, o SEBRAE assumiu a responsabilidade de disponibilizar o sistema.

A decisão se deu, pois, segundo a Secretaria da Fazenda cerca de 90% dos empresários optavam por um sistema pago.

Contudo, o SEBRAE pensando no empresário que se utilizava do emissor gratuito passou a disponibilizar o sistema.

A partir de então a empresa oferece o emissor gratuito tanto para emissão de NFe, quanto CTe.

Ambos nas versões mais recentes dos documentos – NFe 4.0, por exemplo – e com modelos de teste e homologação.

Uma desvantagem é o fato de não haver nenhum tipo de Manual ou treinamento para utilização.

De qualquer maneira, o SEBRAE disse que disponibiliza um suporte para possíveis problemas com o sistema.

Figura Ebook Gratuito Emissor NFe Sebrae

Quais as funcionalidades do emissor do Sebrae?

Um dado muito importante é que o emissor NFe Sebrae não deve ser utilizado como repositório de notas.

Ou seja, não se pode confiar como um banco de dados, pois o sistema não conta com tal funcionalidade.

As funcionalidades são as seguintes:

  • Gerar arquivos da NFe e CTe;
  • Realizar a assinatura com o certificado digital;
  • Transmitir para a Sefaz de origem da Nota;
  • Cancelar NFe e CTe;
  • Imprimir DANFE ou DACTE;
  • Cadastrar clientes, produtos e transportadoras.

Por esse motivo é importante que, com os processo de emissão realizado, haja a exportação dos XML e, consequentemente, seu armazenamento em uma pasta no computador ou hd externo.

Mas afinal, qual Certificado Digital utiliza o Emissor NFe Sebrae?

A Certificação Digital é obrigatória para o processo de emissão, pois é por meio dela que a NFe é transmitida para o governo.

O Certificado deve seguir o padrão de hierarquias de acordo com a ICP – Brasil, contendo nele informações da empresa de cunho fiscal e tributário.

O sistema emissor NFe Sebrae permite a utilização dos dois tipos de Certificado Digital mais comuns, o A1 e A3.

A1: É um arquivo de computador e tem validade de 1 ano, com emissão e armazenagem diretamente no computador do titular.

A3: Esse tipo de certificado gera o par de chaves em um dispositivo de armazenamento, sendo, cartão, token USB ou qualquer outra mídia móvel. A chave é guardada no dispositivo móvel e protegida por senha.

Ambos os certificados necessitam uma instalação prévia no computador, para este procedimento peça auxílio ao suporte da empresa certificadora.

Como vincular o Certificado no sistema do Sebrae?

1 – Após a instalação e cadastro prévio da empresa no sistema, selecione a empresa, conforme a imagem abaixo.

certificado_digital_1

2 – Na barra de tarefas, na opção “Sistema”, selecione “Certificados”

certificado_digital_1_CERTIFICADOS

3 – Surgirá uma tela, onde o sistema possibilita dois tipos de inclusão de certificado:

– Utilizar Repositório de Certificados do Windows, que irá procurar todos os Certificados instalados no computador;

certificado_digital_3

– Utilizar o Cadastro de Certificados via aplicativo, que possibilita escolher o Certificado que o empresário deseja.

4 – Caso escolha escolher um Certificado específico, você pode selecionar entre o modelo A1 ou A3.

certificado_digital_4

Feito a vinculação, o sistema está pronto para a emissão de NFe.

Adquira um sistema emissor completo com gestão integrada

Caso, o empresário tenha interesse em um sistema mais completo, que possibilite também o gerenciamento fiscal e empresarial, será necessário investir em um modelo pago.

Neste caso, conheça os produtos da Soften Sistemas, que podem auxiliar e muito os empresários.

Isto por que tanto o modelo desktop – SoftenSIEM, quanto em nuvem – GerencieAqui, possibilita além de emissão, o gerenciamento fiscal e administrativo.

Isto tudo podendo contar com o auxílio ilimitado do suporte e treinamento da empresa.

Conheça Soften Sistemas

Entre em contato ainda hoje e invista na gestão do seu negócio com os aplicativos da Soften.

Não deixe de acompanhar o Blog da Soften com as suas atualizações diárias.

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário que a Soften lhe responderá.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar agora
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!