lupa
Mouse

Plano de negócios: saiba como fazer de forma simples

Alessandro Caun - 28/09/2020 - 0 Comentário(s)

Os desafios para quem pretende empreender aqui no Brasil já começam muito antes de abrir as portas.

E essa situação se agrava ainda mais quando o empreendedor não faz seu dever de casa. Ou seja, quando a coleta de dados e análise de mercado é negligenciada.

Desde a ideia inovadora até sua aplicação na prática, está o plano de negócios: um verdadeiro estudo que vai fornecer informações de viabilidade do empreendimento, estabelecer os passos iniciais, elencar os riscos e determinar algumas estratégias.

Se você não possui formação específica na área de Administração ou finanças, essa tarefa pode ser complexa e desafiadora.

Mas não se preocupe! Para te ajudar, reunimos aqui tudo o que você precisa saber para criar seu plano de negócios de forma simples e objetiva. Confira.

plano de negócios

O que é um Plano de negócios?

Se, por um lado, vemos o crescimento do empreendedorismo no país, por outro, vemos a falência de muitas organizações, decorrente de baixos níveis de educação e da desmotivação de muitos empresários diante da crise.

Para evitar que isso ocorra, os empreendedores necessitam utilizar ferramentas e metodologias gerenciais capazes de auxiliar nas suas atividades.

E é nesse contexto que o plano de negócios tem grande importância como ferramenta para o planejamento e a gestão da empresa. E não só para direcionar seus esforços e suas ações, mas também para evitar que seu empreendimento fracasse.

O plano de negócios é, portanto, um documento para orientar o empreendedor. Nele, devem constar uma descrição detalhada do seu negócio e uma análise do mercado em que você vai atuar.

Além disso, deve ter o detalhamento da sua infraestrutura e os procedimentos que deverão ser tomados para o êxito do seu projeto. Também, deve citar os objetivos que precisam ser cumpridos e os diversos planos de ação que serão postos em prática para alcançá-los.

Dessa forma, para se elaborar um bom plano de negócios você deve, antes de tudo, definir o seu negócio e as atividades a serem realizadas.

Todo novo negócio precisa de um plano?

todo novo negócio precisa de um plano

A resposta é SIM! Mas nem todo empreendimento precisa de um plano de negócios muito complexo e detalhado.

Principalmente se o negócio for pequeno, onde a necessidade de estudo e elaboração de estratégias deve ser executado sem muita perda de tempo, reflexo de um projeto simples.

Tenha sempre em mente: as pessoas, o mercado e as empresas estão em constante mudança. Assim, as estratégias traçadas funcionam como um “norte”, devendo ser flexíveis e de fácil adaptação a novos cenários que surgem.

Como fazer um bom Plano de negócios?

Se você chegou até aqui provavelmente já entendeu a importância do plano de negócios para sua empresa.

Portanto, é chegada a hora de aprender o passo a passo para fazer o seu!

Para a construção de um bom plano de negócios você deve passar por 6 etapas: sumário executivo, avaliação do mercado, plano operacional, plano financeiro, plano de marketing e análise.

Confira a seguir mais detalhes sobre cada etapa e como executá-las.

1ª Etapa: Sumário Executivo

sumário executivo

O sumário executivo é uma parte essencial do seu plano de negócios e, por isso, deve ser a primeira etapa a ser executada.

Ele deve incluir informações importantes, tais como:

  • Descrição do negócio, apontando seu diferencial no mercado;
  • A missão de seu negócio;
  • Perfil dos empreendedores e de alguns funcionários em áreas específicas;
  • Especificar produtos/serviços oferecidos, elencando seus benefícios;
  • Determinação do perfil dos clientes (público-alvo e persona);
  • Indicar a localização física da empresa, se existir;
  • Discriminar qual será o investimento total;
  • Definir o enquadramento empresarial.

Foque em fazer um sumário claro e objetivo. Não é necessário se estender muito, pois ele deve captar a atenção pelo teor das informações, passando a sensação de profissionalismo.

Contudo, apesar de o sumário ser a parte inicial do processo, é mais coerente lapidá-lo no final do planejamento. Quando você reunir todas as informações das próximas etapas, terá mais clareza em seu preenchimento.

2ª Etapa: Avalição do Mercado

Faça uma avaliação criteriosa do mercado em que você quer atuar, dos seus concorrentes e dos produtos e serviços, similares aos seus, que são comercializados na sua região.

Pesquise sobre seu público-alvo — suas características e seus hábitos — e dimensione o seu tamanho — seu potencial e as possibilidades de crescimento.

Você pode fazer essas pesquisas pessoalmente, usando a internet, ou mesmo utilizando pessoas ou empresas especializadas em pesquisa de mercado.

Na sequência, foque em criar a persona de seu negócio, que nada mais é que um personagem quase que fictício que simboliza o perfil dos clientes ideais de sua empresa.

A partir dessa persona sua empresa vai saber o que fazer para atingir os clientes ideais.

3ª Etapa: Plano Operacional

Após a avaliação do mercado, chega o momento de definir os produtos e serviços que serão oferecidos. Para isso, veja a relação custo x benefício dos itens que comercializará, e como o seu potencial cliente perceberá essa relação.

Lembre-se: o mercado não é complacente com produtos e serviços de baixa qualidade. Portanto, essa deverá ser sempre uma característica preponderante na sua atividade.

Além disso, tente escolher produtos e serviços que estejam de acordo com os novos conceitos de sustentabilidade. Afinal, essa é uma questão que tem se tornado primordial nos dias atuais.

No seu plano de negócios, também deverá estar explícita a montagem da sua infraestrutura. Seja o aluguel ou a compra do local que será a sede da sua empresa, bem como a aquisição de todos os móveis e equipamentos necessários — incluindo computadores e maquinário voltado para a produção.

4ª Etapa: Plano Financeiro

Fazer um estudo econômico financeiro é outro ponto crucial na confecção de seu plano de negócios. Nesse caso, estude os custos iniciais de implantação do seu ponto comercial, ou mesmo de uma eventual necessidade de reforma ou melhoria no seu estabelecimento.

Defina o número de colaboradores que serão necessários para a produção e execução do seu produto ou serviço. Também, orce os insumos de que necessitará, e o custo operacional dos colaboradores, e realize os cálculos englobando todos os impostos e taxas.

Elenque as despesas mensais de condomínio, água, energia, internet, faxina e segurança — tudo deve ser mensurado. Faça ainda um fluxo de caixa, avaliando se a sua capacidade financeira suporta o início das atividades.

Por fim, determine quando ocorrerá o ponto de equilíbrio, ou seja, quando o investimento inicial será recuperado. É esse ponto de equilíbrio que revelará a receita mínima mensal necessária para que o seu negócio dê lucro.

5ª Etapa: Plano de Marketing

plano de marketing

Quando falamos em planejamento de marketing, logo nos vem à cabeça uma divulgação intensa em rádio, televisão e jornais, certo? Contudo, obviamente, tudo dependerá do tamanho do seu negócio e da capacidade de investimento em publicidade e veiculação.

Para micro e pequenos empreendimentos, por exemplo, uma divulgação com panfletos e cartazes em locais de grande aglomeração pode já ser o suficiente. Até o popular “boca a boca” pode ser uma boa alternativa, e com custo bem reduzido.

Contudo, uma opção atrativa é investir em Marketing Digital, sendo  cada vez mais utilizado pelos mais variados tipos de empresas do mercado.

Mas afinal, o que é Marketing Digital?

A Estratégia de Marketing Digital compreende diversas ações, desde Redes Sociais, como E-mail Marketing, Publicidade em Google, Youtube, etc.

A publicidade digital permite que haja uma melhor segmentação de acordo com o público alvo definido para a sua empresa.

Além disso, este é um tipo de publicidade mais rápida, e oferece resultados em tempo real, além de possibilitar uma mensuração direta das ações de marketing.

Há também uma facilidade de ajuste em tempo real de possíveis erros ou falhas, assim como o fato do conteúdo se tornar viral.

Para obter sucesso em tal estratégia, é preciso que se invista em conteúdo de qualidade, com excelente design.

Assim, a estratégia de Marketing de Conteúdo por meio de blogs e sites traz uma boa forma de dar autoridade à marca.

Invista em conteúdos multimídia como gifs, vídeos, músicas, entre outros que o público adora e a possibilidade de engajar e viralizar é maior.

Invista em anúncios pagos, Benchmarking, Email marketing, SMS marketing, entre outras ações que impactem o seu cliente.

E é claro, não se esqueça da Gestão de Redes Sociais, que são plataformas essenciais para criar um bom relacionamento com seu público.

De toda forma, o mais importante é saber que você precisa apresentar seu produto e seu serviço ao mercado que quer atingir.

6ª Etapa: Análise

Parabéns! Se você chegou até aqui, seu plano de negócios está estruturado.

Chegou o momento de avaliar todos os dados levantados, se eles são claros e completos, permitindo a seu novo negócio estar preparado para as mudanças do mercado.

Após essa criteriosa validação, você estará pronto para responder uma simples, mas importante pergunta: “Seu negócio valerá a pena?”. Em caso afirmativo, invista o quanto antes.

Já colocou em prática seu Empreendimento? Então é hora de focar na Gestão

Agora que você já aprendeu o passo a passo para fazer um plano de negócios para sua empresa, que tal aprender sobre outro passo importante para quem quer manter o negócio rentável e organizado?

Todo negócio, seja novo ou já estruturado, deve estar pronto para se comunicar da maneira mais adequada com seus potenciais clientes, possibilitando aumentar sua atração e transformá-los em clientes de fato, alavancando assim as vendas de seu produto/serviço.

Todavia, expandir seu campo de atuação e, consequentemente, incrementar suas vendas pelo aumento de exposição de seu negócio pode gerar custos inesperados, que merecem uma atenção especial.

Toda essa nova situação pode fazer você pensar um momento: quanto é destinado dentro de seu negócio, em termos de investimento em mão de obra qualificada, para controlar seu estoque, produzir relatórios e organizar seus fluxos operacionais?

Se a resposta deixar você reflexivo por um instante, então chegou a hora de investir em um bom Sistema de Gestão.

Uma das principais vantagens que um bom sistema de gestão pode trazer para o seu negócio é a redução de custos.

Um Sistema de Gestão tem um excelente Custo x Benefício para o seu Negócio!

Através dele é possível integrar todos os processos da empresa, compartilhando informações relevantes e precisas para o negócio, aumentando a eficiência organizacional como um todo.

Além disso, o Sistema de Gestão é capaz de automatizar diversas tarefas e facilitar o atendimento aos seus clientes, o que aumenta a produtividade e acaba reduzindo o custo total do trabalho empregado em cada etapa do seu negócio.

Ou seja, utilizar um Sistemas de Gestão Fiscal e Administrativo gera uma economia real em mão de obra em diversas áreas da suas empresa.

Conheça a Soften Sistemas

Por isso, utilize sempre ferramentas que possibilitem o controle total do seu negócio e que trabalhem com eficiência, assim como os aplicativos da Soften Sistemas.

A empresa especializada possui dois modelos de softwares ERP: o Soften SIEM, aplicativo desktop; e o GerencieAqui, sistema online.

O cliente tem também, somado à eficiência dos softwares, implantação e treinamento gratuitos e auxílio do suporte técnico ilimitado.

Simplifique a gestão de sua empresa entrando em contato com a Soften.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe-o com seus amigos e acompanhe sempre o Blog da Soften.

Siga também as Redes Sociais da empresa: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

Comente abaixo, caso tenha alguma dúvida ou sugestão!

Alessandro Caun
Alessandro Caun

Mais conhecido como "Professor" é formado em Engenharia Elétrica, com mestrado na área. Nos últimos anos, tem se dedicado ao Marketing Digital e aqui na Soften é responsável pela produção de conteúdo. Curte rock e games retrô, um "nintendista" raiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economize tempo e dinheiro.
Promova já o crescimento
da sua empresa.

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!