Aniversário Soften

Pirâmide de Maslow: Conheça e entenda a hierarquia das necessidades humanas

Diogo Oliveira - 08/11/2018 - 0 Comentário(s)

Existem diversas técnicas de conhecimento das necessidades humanas e a Pirâmide de Maslow é uma delas.

Tal teoria auxilia no conhecimento do que a pessoa necessita e o que pode ser oferecido em cada estágio.

Sendo desenvolvida dentro de um modelo de pirâmide a teoria psicológica é muito utilizada em empresas.

Veja neste artigo tudo sobre a Pirâmide de Maslow e como ela pode auxiliar sua empresa no conhecimento de clientes e colaboradores.

Pirâmide de Maslow, historicamente

A chamada Pirâmide de Maslow ou teoria das Necessidades Humanas foi criada por Abraham Maslow na década de 50.

Maslow estudou direito, mas foi pela psicologia que ele se apaixonou e dedicou a maior parte de seus estudos.

Suas principais ideias se desenvolveram ao redor de estudos, como a Gestalt e do comportamento humano.

E a chamada hierarquia das necessidades de Maslow foi desenvolvida justamente em contraposto ao comportamento e necessidades humanas.

A teoria de Maslow é até hoje muito utilizada por profissionais de RH e Marketing de organizações.

Isto porque, a partir dela é possível entender e conhecer não só as necessidades dos colaboradores como também a do público-alvo/consumidor.

A Pirâmide de Maslow é muito eficiente neste trabalho e mesmo que imperfeita, por ser apontada como ultrapassada, ainda auxilia, e muito, as empresas.

Montando a Pirâmide das Necessidades humanas

Como dito, o estudo de Maslow é desenvolvido e apresentado em um modelo de pirâmide.

Em tal pirâmide é apontada cinco necessidades que são essenciais para a pessoa, indo da mais básica a mais abstrata.

As necessidades humanas trabalhadas na pirâmide, são:

  1. Necessidades Fisiológicas: que são aquelas para a sobrevivência biológica do corpo. Exemplo: Comida, água, Respiração, Sexo, Sono, etc.
  2. Necessidades de Segurança: são aquelas em que a pessoa necessita de se sentir seguro. Exemplo: segurança corporal, do emprego, familiar, da saúde, da moral, etc.
  3. Necessidades Sociais ou de Amor e Relacionamento: como o nome diz, neste ponto são as necessidades de criar e manter relações. Exemplos: Amizade, Namoro, Casamento, Família, etc.
  4. Necessidades de estima: pode-se dizer que é a necessidade psicológica de estar bem consigo mesmo. Exemplo: Confiança, Respeito dos e aos outros, Conquistas, Autoestima, etc.
  5. Necessidades de Autorrealização ou Realização Pessoal: são as que dizem respeito aos objetivos e realizações. Exemplo: Criatividade, Solução de Problemas, Espontaneidade, Moralidade, etc.

São, então, cinco necessidades colocadas na Pirâmide como na imagem abaixo:

Pirâmide de Maslow2

Na base da pirâmide encontram-se as necessidades básicas relacionadas à vida e a biologia do corpo humano.

Já no topo do pirâmide, se encontram necessidades mais abstratas ou relacionadas ao espírito e psicológico da pessoa.

Mas aí surge a dúvida, como tal teoria pode auxiliar na captação de clientes e motivação de colaboradores?

Justamente por trabalhar as necessidades humanas, que a Pirâmide de Maslow pode ser essencial para auxiliar os clientes e colaboradores.

Conheça as necessidades do consumidor

Você sabe o que seu público-alvo deseja e em que ponto das suas necessidades ele se encontra?

Isto vai auxiliar, e muito, no momento da definição de como abordar e também em que ponto o seu serviço ou produto será oferecido.

Por exemplo, um restaurante, para garantir maior sucesso nas vendas, precisa atingir principalmente o público com necessidades fisiológicas.

Ou seja, ele precisará definir o público-alvo e identificar as pessoas que estão buscando por soluções alimentares.

Veja abaixo como definir a persona que será abordada pelo seu negócio, através do chamado mapa de empatia.

Mapa de Empatia (4)

De qualquer maneira, a teoria de Maslow ajuda a entender e conhecer o consumidor, facilitando assim o posicionamento de sua oferta no mercado.

As necessidades do seu público devem fazer parte do plano de atuação e marketing do seu negócio.

Sem contar que, ao saber qual a necessidade de sua persona, é fácil definir os canais, estratégias e a comunicação a ser estabelecida com a mesma.

Maslow e a motivação dos seus colaboradores

O RH é outro setor que pode se beneficiar da Pirâmide de Maslow, para trabalhar dentro do ambiente de trabalho com os funcionários.

Isso porque a motivação é elemento essencial para que o colaborador se envolva e apresente melhores resultados para si e para a empresa.

Dessa forma, é preciso entender qual a necessidade que ele possui, isto porque não se pode acreditar que só trabalha para comer e morar.

Todo funcionário tem desejos e necessidades, além das citadas e a empresa precisa ao menos fornecer o mínimo.

Ela precisa manter, não só as necessidades fisiológicas e de segurança, mas também, oferecer um ambiente favorável e plano de saúde, por exemplo.

É preciso ir além, ou seja, favorecer a integração garantindo a construção de bons relacionamentos.

Além também de garantir que a estima do colaborador esteja de acordo, assim como as realizações pessoais.

Para que o colaborador se sinta completamente realizado e com sucesso pessoal e profissional, ele necessita ter as suas necessidades amplamente saciadas.

Indo além da Pirâmide Maslow

Pode acontecer que o seu colaborador já tenha atingido o patamar de ter todas as necessidades sanadas.

E é neste ponto que entra o que disse Susan Flower no seu artigo para a Harvard: “ O que a hierarquia de Maslow não te fala sobre a motivação”.

A pesquisadora aponta que, quando já foi atingida a realização profissional e pessoal por completo, é preciso pensar na manutenção da mesma.

Para isto, entra três elementos essenciais: Autonomia, Competência e Relacionamento.

A autonomia trabalha o desenvolvimento ao colaborador de que ele está desempenhando o serviço por vontade própria.

Ou seja, ele precisa estar ali, fazendo o que faz por que quer e não simplesmente para suprir uma necessidade.

A competência consiste em manter o sentimento de utilidade nas pessoas, e para isto entra os desafios e oportunidade no trabalho.

É preciso oferecer planos de carreira, oportunidades de crescimento e treinamento, dando ao mesmo o sentimento de melhoria e eficácia.

E por fim, o relacionamento está ligado a necessidade de segurança que a pessoa precisa sentir em um ambiente de trabalho.

Ela precisa sentir-se conectada com a missão e visão da empresa e sentir que realmente é parte essencial da mesma.

Gestão automatizada para a administração dos negócios

Para todo e qualquer projeto desenvolvido e aplicado na empresa, é preciso possuir uma administração certeira para viabilização do mesmo.

E para que o gestor possa disponibilizar tempo para este tipo de serviço, uma gestão automatizada é uma excelente ferramenta de auxílio.

Por isto, conte com os aplicativos da Soften Sistemas, empresa especializada no assunto.

A Soften possui mais de 15 anos de mercado e oferece softwares de gestão ERP com emissão fiscal eficientes.

Além de garantir segurança aos clientes com o auxílio do excelente suporte técnico.

Conheça Soften Sistemas

Fale com um dos nossos vendedores, simplifique e agilize a gestão do seu negócio.

Não deixe também de acompanhar o Blog e as Redes Sociais da Soften: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

E se caso tem algum comentário a fazer, utilize o campo abaixo.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!