SPED: saiba o que é e como declarar

SPED

Nesse artigo vamos explicar o que é o SPED e como você, empresário, deve fazer a declaração.

Já é de conhecimento popular de que Brasil é muito burocrático quando estamos falando da contabilidade de empresas.

O SPED foi criado graças ao programa de aceleração do crescimento (PAC) que teve uma iniciativa de informatizar as informações referentes a tributos pagos pelas empresas em nas três esferas, municipal, estadual e federal.

Para que você entenda de forma simples, além de receber e emitir as notas fiscais você deve também declarar ao fisco alguns relatórios em torno dessa movimentação.

Continue lendo e entenda:

  • O que é SPED!
  • Como declarar o SPED na sua empresa!
  • Quais as vantagens declarar o SPED através da Soften SIEM!

O que é SPED?

A sigla SPED significa Sistema Público de Escrituração Digital, ele é composto de diversas declarações, entre elas:

  • EFDEscrituração Fiscal Digital (ICMS, IPI)
  • Documentos referente ás contribuições (PIS e CONFINS);

Para começar vamos abordar o EFD, também conhecido como SPED Fiscal, pois é um arquivo contendo documentos e informações referentes ao ICMS e IPI de um determinado período e deve ser transmitido ao fisco.

Além desses dois tributos é importante fazer também o envio de documentos em torno do PIS e Confins.

Na prática o SPED funciona como uma facilidade tanto para o empresário como para o governo, pois facilita o envio das informações fiscais e também a fiscalização.

O que já aconteceu muito no passado foi à sonegação fiscal, onde os empresários compravam e vendiam sem declarar as notas de entrada e saída.

Agora com o SPED é essencial que você faça o envio de toda a documentação necessária para evitar uma visita da receita federal ao seu comércio.

Outra vantagem interessante desta informatização é não ser mais necessário à utilização de documentos de papel.

Entenda mais sobre o projeto SPED nas empresas.

Como declarar o SPED em sua empresa?

Em geral quem será responsável pelo envio ao fisco é um contador de sua confiança.

Contudo é importante saber como é feito o envio destas informações para o fisco.

Primeiro, gere o Arquivo com as suas NF-e de aquisições e vendas, depois é necessário ter o programa do SPED, que está disponível no site.

Esse programa é responsável por Validar e Assinar seu Arquivo digital do SPED.

Você pode ter acesso a esse programa nesta página, PVA(programa de validação e assinatura).

Após ser validado o arquivo digital precisa ser assinado utilizando um certificado A1 ou A3 emitidos por entidade credenciada.

Caso ainda tenha dúvidas de que como submeter o seu SPED Fiscal utilize o passo – a – passo disponível no site do SPED, Clique AQUI e confira.

É importante ficar atento a todos os documentos que devem ser enviados ao governo, pois hoje ele tem a capacidade de cruzar informações e perceber falhas, e punir o comerciante por possível irregularidade.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Quais as vantagens declarar o SPED através da Soften SIEM!

Como esse processo é complexo de até mesmo um burocrático nosso sistema Soften SIEM facilita a vida dos comerciantes.

Confira abaixo algumas vantagens:

  • Armazenamento de todas as notas de entrada e saída;
  • Gera e armazena todos os documentos fiscais(NF-e, CT-e, NFS-e, CF-e);
  • Possibilita a pesquisa de Notas emitidas contra o CNPJ da sua empresa;

Sendo assim, basta exportar os arquivos gerados e armazenados no Soften SIEM para realizar a EFD com segurança e rapidez.

Alguns erros podem ocorrer no PVA do governo!

Apesar da iniciativa ter como objetivo facilitar a vida do empresário em alguns casos podem ocorrer alguns erros, veja abaixo uma lista:

  • Campos obrigatórios não informados
  • O código do banco central no cadastro de países não foi informado
  • O código do IBGE nos parâmetros da cidade não foi informado
  • CST possui equívocos
  • Contador informado não é o responsável neste período da apuração
  • Número da nota que consta no campo “chave de acesso” está diferente do informado no campo “número da nota de entrada”
  • Nota de entrada com informações inválidas na situação tributária
  • A combinação CFOP e CST informada é inválida
  • Regime de apuração de PIS/Cofins não ajustado nas configurações da empresa
  • Apuração do IRPJ não ajustado nas configurações da empresa
  • O segmento não foi informado
  • Campo data nas notas de serviço não foi informado
  • CFOP informado está incorreto
  • Documento inicial informado incorretamente
  • Documento final informado incorretamente
  • Data de movimento informado corretamente
  • CST informada para pessoa física
  • As apurações não foram geradas no validador
  • PIS e COFINS não configurados nos afretamentos
  • A alíquota configurada não consta da tabela de alíquotas permitidas pela receita federal
  • Situação tributária de PIS e COFINS estão diferentes
  • As apurações do menu Escrituração PIS/COFINS não foram geradas no validador
  • Informada a situação tributária 08 e não informado a natureza da receita
  • Natureza da base de cálculo de crédito não informada no item da nota de entrada
  • O código do NCM do item da nota de entrada ou saída esta diferente do informado no cadastro de produtos

Procure preencher o SPED com extremo cuidado e atenção para evitar possíveis erros de digitação.

Falamos sobre o SPED, o que é e como declarar, para evitar uma série de erros que nós citamos acima utilize um software de gestão como o Soften SIEM, e o mantenha sempre atualizado corretamente .

Conheça Soften Sistemas

Para saber mais sobre o módulo para gerar arquivos de SPED, entre em contato com a Soften Sistemas.

Qualquer dúvida comente abaixo que a Soften lhe responderá.

Soften Sistemas
Soften Sistemas

A Soften Sistemas é uma empresa de software para gestão fiscal e empresarial. Está no mercado desde 2002 e possui clientes em todo o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts de interesse