Conheça o sistema de gestão mais completo para seu negócio

NFe em Contingência: Tire todas as suas dúvidas

Flávia Scalon - 23/05/2018 - 8 Comentário(s)

Muitos contribuintes tem dúvidas sobre o que é a NFe em Contingência e quando é necessário emiti-la.

Esse tipo de nota é feita quando há problemas de conexão do sistema emissor de NFe com a SEFAZ de origem.

Continue acompanhando o artigo e tire todas as suas dúvidas sobre a Nota em Contingência.

O que é NFe em Contingência?

A NFe em Contingência é a forma pela qual se permite a emissão de uma Nota Fiscal Eletrônica quando o software emissor de NFe não consegue se conectar com o WebService da SEFAZ do estado.

Ou seja, quando o cliente tem urgência ou necessidade de emitir uma nota e não há conexão, deve ser emitida a NFe em Contingência.

Mesmo que seja difícil a conexão da SEFAZ cair, é possível que aconteça e para isso há a NFe em Contingência.

Assim, o contribuinte tem opções que o ajude com suas emissões, evitando problemas fiscais para sua empresa.

Entenda tudo sobre Nota Fiscal Eletrônica com este texto completo da Soften.

Quando emitir uma NFe em Contingência?

A emissão da NFe em Contingência acontece quando há urgência de emissão de uma Nota Fiscal Eletrônica e a conexão com a SEFAZ do estado está fora do ar.

Assim, com esse tipo de nota é possível fazer essa emissão e evitar atrasos e problemas com mercadorias e entregas.

Portanto, quando não há conexão do software emissor com o servidor da SEFAZ, a emissão da NFe é em Contingência.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Modalidades de Contingência

Segundo o Manual de Contingência, há quatro modalidades de emissão de Contingência: Formulário de Segurança; Formulário de Segurança-DA; SCAN e DEPC.

Abaixo, cada uma das modalidades serão detalhadas:

– FS (Formulário de Segurança): Esta alternativa deve ser utilizada quando há algum impedimento de autorização da NFe, seja a falta de conexão com a Sefaz de origem ou com as outras opções de Contingência.

Neste caso, o contribuinte emissor pode optar por emitir a NFe em Contingência com a impressão da DANFE em Formulário de Segurança.

Segundo o manual de contingência, o envio das NF-e emitidas nesta situação para SEFAZ de origem será realizado quando cessarem os problemas técnicos que impediam a sua transmissão.

– FS-DA (Formulário de Segurança para Impressão de Documento Auxiliar do Documento Fiscal Eletrônico): É uma alternativa semelhante ao modelo em contingência de Formulário de Segurança, a única mudança é a substituição do FS pelo FS-DA.

– SCAN (Sistema de Contingência do Ambiente Nacional): O SCAN é uma alternativa similar ao ambiente da Sefaz de Origem.

É a emissão da NFe em Contingência com transmissão para o Sistema de Contingência do Ambiente Nacional, sendo uma outra estrutura de WebService.

Quando a Sefaz de origem estiver fora do ar por conta de manutenções ou problema técnicos, é possível que as autorizações sejam feitas pelo SCAN, com impressão do DANFE em papel comum.

– DEPC (Declaração Prévia de Emissão em Contingência): A alternativa DEPC permite a autorização das NFe em Contingência com o registro prévio do resumo das notas emitidas.

Ou seja, ele não autoriza a NFe, mas registra uma declaração que a NFe precisou ser emitida em contingência.

Esse registro prévio permite a impressão do DANFE em papel comum e está sempre ativo quando a empresa não conseguir conexão com a Sefaz de origem.

Saiba mais sobre a Nota em Contingência neste vídeo da Soften:

Como emitir NFe em Contingência no Soften SIEM

O sistema instalado em Desktop, Soften SIEM, disponibilizado pela Soften Sistemas, permite a emissão de NFe em Contingência.

Abaixo será explicado como fazer a emissão em Contingência no emissor Soften SIEM:

O procedimento é o mesmo de quando for emitir uma NFe normal.

1. Com o sistema Soften SIEM aberto, clique na seta ao lado de Venda e selecione Nota Fiscal (NFe);

NFe Contingencia

2. Na tela seguinte selecione Novo (F2);

NFe Contingencia

3. Após isso, preencha a nota normalmente com cliente, CFOP, produtos, valores, impostos e etc;

NFe Contingencia

4. Quando chegar na aba de Totais e impostos, é preciso inserir a numeração da Forma de Emissão – que estão descritas na imagem abaixo;

NFe Contingencia

5. Na próxima aba, preencha com Data e Hora de entrada na contingência e clique em OK;

NFe Contingencia

6. Insira a justificativa e clique em OK. (O sistema preenche automaticamente com a mensagem “Falta de internet”, porém pode ser alterada pelo emitente);

NFe Contingencia

7. Por último, clique em OK na mensagem que aparecerá.

NFe Contingencia

Tenha um emissor de NFe qualificado e completo

Para que a emissão das NFe de sua empresa sejam feitas de forma correta e completa, adquira um emissor software de NFe de qualidade.

Como o software da Soften Sistemas, que oferece emissão de documentos fiscais, controle de estoque, financeiro, de vendas, além de treinamento especializado e suporte técnico ilimitado.

Para saber mais sobre todos os produtos e serviços da empresa, entre em contato com os atendentes comerciais ou acesse o site.

Conheça Soften Sistemas

Gostou deste artigo? Compartilhe-o com seus amigos e parceiros e continue acompanhando o Blog da Soften.

Assine também a Newsletter e receba materiais gratuitos e exclusivos.

Caso tenha alguma dúvida, comente abaixo que a Soften lhe responderá!

Flávia Scalon
Flávia Scalon

É formada em publicidade e propaganda, pós graduada em gestão de comunicação integrada e uma das principais autoras do blog. Especialista em assuntos fiscais. Nas horas vagas, gosta de ler sobre romance, comédia, drama, entre outros assuntos, também curte vários estilos musicais e aprecia múltiplas culinárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 Comentário(s)

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!