Matriz GUT: Aprenda o conceito e a aplicação prática

Diogo Oliveira - 10/11/2018 - 0 Comentário(s)

A resolução de problemas em uma organização pode ser simplificada com a aplicação da Matriz GUT.

Tal ferramenta é mais um dos aliados do processo de administração de empreendimentos de diferentes portes.

Por este motivo é de excelente auxílio para os empresários aprenderem o conceito e saber como aplicar em seus negócio.

Continue acompanhando então este artigo e saiba tudo sobre a técnica e a sua aplicação na prática.

Matriz GUT, conceituando

GUT é uma ferramenta que busca facilitar o processo administrativo e de solução de problemas.

Ou seja, serve para priorizar os problemas da organização e buscar formas de solucioná-los de acordo com a sua gravidade, urgência e tendência.

E são estes três fatores que formam a sigla da matriz G – Gravidade, U – Urgência e T – Tendência.

Muito semelhante à análise SWOT, a ferramenta tem como objetivo elencar os problemas e desenvolver ações corretivas e preventivas para solução de cada um.

É muito comum que ambas as técnicas sejam colocadas lado a lado como complemento uma da outra.

Isto por que, qualquer uma das duas são capazes de analisar tanto ambientes internos quanto externos.

A diferença é que a GUT possibilita uma pontuação de qualificação e quantificação dos problemas, criando uma listagem de prioridades.

Além da Matriz SWOT, a técnica GUT pode ser aliada à ferramentas como Diagrama de Ishikawa e Ciclo PDCA.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Objetivo da ferramenta

A ferramenta desenvolvida por dois especialistas em questões organizacionais, busca orientar questões muito complexas.

Isto porque, quando há uma grande quantidade de problemas a serem resolvidos, isto prejudica o administrador na identificação e solução dos mesmos.

Por este motivo, é necessário que seja elencado o nível de gravidade, urgência e tendência do problema prejudicar a empresa.

E é justamente assim que a GUT trabalha, criando uma espécie de ranking de acordo com a importância do problema para o negócio.

Pensando também nos impactos, tanto positivos, quanto negativos que a resolução ou não do problema pode causar no negócio.

Processo de aplicação da matriz

Para um maior sucesso de aplicação da ferramenta no negócio, é preciso aplicá-la em etapas.

Os passos ou etapas a serem seguidos na aplicação da Matriz GUT devem ser os seguintes:

Definindo e listando os problemas

É o momento de identificar os problemas que a organização tem e que precisa ser solucionado.

A preocupação aqui não é a gravidade ou urgência do problema, mas ele em si, ou seja, somente o problema puro.

Se for necessário, peça auxílio dos colaboradores para identificar cada um dos problemas.

O importante neste ponto, é que seja realizado um detalhamento completo dos pontos levantados.

Deixe bem claro todos os pontos e visões do problemas e seja bem específico na descrição.

Classificação dos Problemas

Chegou o momento de aplicar a matriz GUT sobre os problemas listados, mas antes disso é preciso entender o sistema de notas da matriz.

Tal modelo de notas auxilia no momento de definir o grau de prioridade do problema listado.

NOTAGRAVIDADEURGÊNCIATENDÊNCIA
5Extremamente graveNecessita Ação ImediataIrá piorar rapidamente
4Muito graveMuito urgenteIrá piorar em pouco tempo
3GraveUrgente, ação à curto prazoIrá piorar a médio prazo
2Pouco gravePouco urgenteIrá piorar a longo prazo
1Sem gravidadePode esperarNão irá mudar

Contudo, antes de aplicar e mostrar exemplos de problemas na matriz GUT, será explicado cada um dos fatores.

Gravidade – Este fator é aquele em que se elenca a intensidade que esse problema tem para o negócio.

Ou seja, é uma avaliação que descobre-se a gravidade que esse problema tem para o negócio.

Urgência – Neste caso é analisado o tempo estimado para a resolução dos problemas listados.

Ou seja, aqui é um fator em que o empresário possui um dado sobre os problemas para saber quando realizar uma tomada de decisão.

Tendência – Tendência de cada problema para possível crescimento ou estabilização de acordo com o passar do tempo.

Ambos os fatores são elencados de acordo com as situações menos graves com as notas mais baixas e os mais graves com as notas mais altas.

Pontuando e ranqueando os problemas

Como mostrado, cada fator da matriz fará com que o administrador crie um ranking que dará o grau de prioridade de cada problema.

E isto facilitará na criação de planos de ação para cada questão abordada dentro do ranking.

Vamos a um exemplo prático de pontuação e ranqueamento dos problemas, de acordo com a matriz GUT.

ProblemaGravidadeUrgênciaTendênciaTOTAL
Erros no Fluxo de Caixa da empresa45360
Baixa no faturamento545100
Atualização de sistema2112

Foi mostrado três problemas identificados na empresa e que vem prejudicando o bom funcionamento.

Para o processo de ranqueamento, as notas são dadas de acordo com grau de gravidade, urgência e tendência.

As notas atribuídas são multiplicadas entre si e oferece um valor total no final que definirá a prioridade de ação.

Portanto, de acordo com o exemplo, o problema mais urgente é o de Baixa no Faturamento, depois temos os erros no Fluxo de Caixa e por último a atualização do sistema.

Definindo Plano de Ações

Foi montado um ranking onde o administrador elencou o grau de prioridade de cada problema da empresa.

Com esses dados em mãos é o momento de criar um plano de ação para cada problema levantado.

Uma excelente técnica para este processo é o método 5W2H, que funciona como um checklist de resolução de problemas.

Todo este processo é estruturado a partir de 7 questionamentos acerca do problema e do plano de ação que será desenvolvido, de acordo com a lista abaixo:

  1. (What) O que?
  2. (Why) Por que?
  3. (Who) Quem?
  4. (When) Quando?
  5. (Where) Onde?
  6. (How) Como?
  7. (How Much) Quanto custa?

Gestão estruturada para evitar problemas

Todo empresário deseja evitar problemas no seu negócio para garantir o maior índice de eficiência e rentabilidade.

Para isto, é preciso investir em ferramentas de gestão como softwares de gestão ERP com emissores fiscais.

A Soften Sistemas é uma empresa especializada em softwares de gestão fiscal e administrativa.

Oferecendo tanto o modelo desktop, Soften SIEM, quanto modelo online, GerencieAqui, com treinamento especializado e suporte ilimitado.

Conheça Soften Sistemas

Fale com um especialista, adquira um dos aplicativos da Soften e simplifique a gestão do seu negócio.

Continue acompanhando o Blog da Soften e as Redes Sociais da empresa: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

Ficou alguma dúvida ou tem alguma sugestão, deixe seu comentário logo abaixo.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!