Aniversário Soften

Margem Líquida: Guia Básico

Diogo Oliveira - 21/12/2018 - 0 Comentário(s)

Entender e dar a devida importância aos indicadores financeiros de um negócio é essencial, e um dos principais é a Margem Líquida.

Tal indicador financeiro tem ligação direta com a rentabilidade do negócio, uma vez que aponta qual o total de renda gerada pela empresa nas suas vendas.

Dessa forma, compreende-se que é essencial para um gestor e empresário entender a aplicação de tal cálculo em suas finanças.

Acompanhe este guia rápido sobre o assunto e tenha o controle financeiro do seu negócio na palma das mãos.

Entenda o conceito de Margem Líquida

A chamada margem de lucro líquida é um indicador financeiro que trabalha diretamente com a rentabilidade do negócio.

Isto porque, o seu cálculo apresenta ao gestor dados específicos de quanto a empresa consegue render em suas operações.

De uma maneira mais real, a margem líquida apresenta a porcentagem de quanto de dinheiro restou para a empresa após todas as deduções.

Ou seja, depois de ter pagado todos os impostos e despesas provenientes das operações do empreendimento têm-se a margem líquida.

O termo “margem” refere-se à diferença entre o preço de venda e os valores relacionados aos custos e às despesas variáveis da venda.

Agora, quando trata-se do termo “líquido” na área econômica, trata-se do valor que se deduz em dinheiro imediato.

Ou seja, o valor que sobra após o abatimento de todas as deduções da empresa em geral.

Planilha Financeira

Importância da Margem Líquida

A importância de se investir em manutenção e bom desenvolvimento da margem líquida se dá ao oferecer informações eficientes do rendimento da empresa.

Para empresas de capital aberto, por exemplo, o cálculo do índice possibilita aos possíveis investidores uma visão plena das capacidades do negócio.

Além disso, o índice pode ser usado como fator competitivo do negócio, em especial para empresas com grandes diferenciais de margem de lucro.

Por exemplo, empresas que comercializam o mesmo tipo de produtos e trabalham para conseguir uma maior margem de lucro em comparação ao concorrente.

Tudo vai depender de como a empresa consegue administrar os custos e despesas operacionais para garantir maior margem de lucro.

Dessa forma, a empresa obtém maior competitividade em questão valor de mercado.

Além destes pontos, manter o cálculo da Margem Líquida em dia oferece à empresa maior conhecimento e análise da saúde financeira da mesma.

O que por sua vez facilita o processo de gestão financeira e também de tomadas de decisões no negócio.

Diferença entre Margem Líquida, Margem Bruta e Margem de Contribuição

A margem líquida é o valor que a empresa recebe efetivamente após os abatimentos de impostos e despesas.

Ou seja, ela apresenta o valor a ser distribuído entre os sócios ou para o dono do negócio.

A Margem Bruta é mais simples, e direcionada ao produto e os gastos com a sua produção.

Tal índice apresenta o valor total recebido pela empresa com a comercialização do produto após o abatimento dos custos de produção ou aquisição.

A Margem de Contribuição por sua vez apresenta o valor após a subtração dos custos e despesas variáveis.

Neste ponto são abatidos comissões, valor de matéria prima e afins, o que resta dessa subtração deve ser suficiente para custear despesas fixas e gerar o lucro.

É preciso ter bastante atenção quanto a aplicação de cada um dos índices e o seu papel, para que a gestão financeira seja eficiente.

Calculando a Margem de Lucro

Antes de conhecer a fórmula de cálculo da Margem Líquida é preciso saber como descobrir os dados necessários para o processo.

As informações e dados necessários para o cálculo podem ser conhecidos na Demonstração de Resultado de Exercício – DRE.

Isto porque você encontra o valor da margem líquida dividindo o lucro líquido pela receita líquida e multiplicando o resultado por 100.

No caso de possuir sistemas de gestão financeira, é muito mais fácil o acesso à tais dados.

Ou seja, temos a seguinte fórmula:

Margem Líquida = (Lucro Líquido / Receita Líquida) x 100

O Lucro Líquido é o que resta após o pagamento de todos os impostos e despesas financeiras.

A Receita Líquida por sua vez, é o valor das vendas após as deduções advindas da mesma.

Ou seja, é o valor que resta após o pagamento dos impostos da NFe, devoluções e descontos comerciais.

O valor encontrado por meio da conta é apresentado em porcentagem do quanto de margem líquida a empresa obteve.

Exemplo prático:

Um empresa teve um faturamento total de R$ 20 mil, desse total, são abatidos R$ 7 mil em impostos totais, dessa forma temos um receita líquida de R$ 13 mil.

Suponha-se que a empresa, após todas as deduções necessárias, tenha tido um lucro líquido de R$ 3 mil.

Aplicando todos estes valores na fórmula, têm-se a seguinte conta:

ML = (3.000/13.000) X 100
ML = 0,23 X 100
ML = 23,07

Realizando uma aproximação, a empresa obteve no mês analisado um total de 23% de Margem Líquida.

Invista em gestão financeira automatizada

Gestão financeira organizada garante ao administrador melhoria e eficiência em toda a gestão da empresa.

Além de manter cálculos como o da margem líquida em dia, um sistema de gestão financeira é uma excelente ferramenta.

A Soften Sistemas possui excelentes ferramentas para a gestão financeira dos negócios.

Os softwares da empresa garantem dados específicos e eficientes que facilitam o processo de gestão empresarial.

Conheça Soften Sistemas

Entre em contato com um dos vendedores da Soften e simplifique a gestão financeira de seu negócio.

Não deixe também de acompanhar o Blog e as Redes Sociais da empresa: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

Se caso tiver alguma dúvida, deixe seu comentário logo abaixo.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!