Conheça o sistema de gestão mais completo para seu negócio

Intraempreendedorismo: Saiba o que é e conheça sua importância

Diogo Oliveira - 29/05/2019 - 0 Comentário(s)

O Intraempreendedorismo é um técnica moderna que vêm trazendo excelentes resultados aos empreendimentos ao redor do globo.

Isto porque, esta é uma metodologia que se aproveita dos talentos de dentro da empresa para uma melhoria contínua do negócio.

Portanto, é uma metodologia que auxilia tanto novos, como empreendimentos já com bastante tempo de mercado.

Faça a leitura deste artigo e aprenda o que é Intraempreendedorismo e a sua importância no mercado empreendedor.

Saiba o que é intraempreendedorismo

Entende-se como intraempreendedorismo, um processo interno das organizações onde se valoriza as capacidades empreendedoras dos colaboradores e gestores.

Sua fonte se dá no termo intrapreneur que significa empreendedor interno, e especifica de forma clara como tal técnica trabalha.

Utilizada pela primeira vez em 1985 por Gifford Pinchot III, seu objetivo é valorizar as pessoas com perfil de empreendedorismo dentro da empresa.

É portanto, um processo que visa trazer inovação e renovação para dentro de uma organização através da colaboração de diversas pessoas de dentro dela.

E para se ter vantagem competitiva no mercado, o melhor caminho para as empresas é se utilizar do intraempreendedorismo.

Isto porque, cada vez mais se faz necessário que as empresas apresentem inovação ao mercado.

E é isto que tal técnica permite a empresa: expandir seus horizontes, através de novas ideias e sugestões para melhorias em produtos e/ou serviços.

Assim como, buscar inovações nos processos, tecnologias, técnicas e estratégias administrativas utilizadas na empresa.

Uma empresa se destaca justamente por suas capacidades empreendedoras, que é representada em suas inovações.

Materiais-gratuitos

Empreendedorismo e Intraempreendedorismo: diferenças

Além disso, é preciso entender que por mais que similares, empreendedorismo e intraempreendedorismo possuem significados distintos.

Empreendedorismo é considerado um movimento externo para a construção, planejamento e estruturação da empresa.

Normalmente, este processo é realizado pelo dono do próprio negócio sem grandes interferências de terceiros.

Ou seja, o mesmo coloca suas ideias e processos a fim de levar sua empresa para a frente.

Enquanto no intraempreendedorismo dá-se valor aos pensamentos e ideias de gestores e colaboradores afim de agregarem valor à organização.

É importante saber que neste caso é preciso valorizar e dar devido espaço às opiniões e ideias dos envolvidos no processo.

Características essenciais da técnica

Existem diversos fatores que caracterizam o intraempreendedorismo, dando força para sua aplicação dentro das organizações.

Através de tal metodologia a empresa consegue entre outras coisas:

  • Valorizar o talentos da empresa;
  • A empresa pode estar sempre próxima a novas e inovadoras tecnologias;
  • Há uma alta valorização de ideias novas e frescas;
  • Não há parâmetro e burocracia para a apresentação e sugestão de inovações;
  • Trabalha-se com criatividade e ousadia;
  • Além também de investir em funcionários proativos, autoconfiantes, que têm paixão pelo que faz e que além disso é persistente e dedicado.

Como aplicar o intraempreendedorismo?

O intraempreendedorismo é chamado assim por justamente trabalhar com os processos e ideias internas da empresa.

Sem contar que a metodologia é uma excelente ferramenta para trabalhar também a motivação dos colaboradores, assim como oferecer oportunidades de crescimento.

Para aplicar o intraempreendedorismo antes de tudo, é preciso realizar uma Pesquisa de Clima dentro da empresa.

Tal pesquisa capta as opiniões e visões dos colaboradores, levando em conta as ideias e proposições dos mesmos.

Com tudo isto, eleja representantes de cada setor, contudo frise que o sentido é cada vez mais demonstrar a união da empresa.

Deixe sempre aberto o espaço para ideias e seja claro quanto à aceitação ou não de tais proposições, ofereça feedbacks.

Utilize técnicas de aplicação de melhorias como o ciclo PDCA para assim acompanhar e obter bons resultados.

Não se esqueça de estabelecer metas que a empresa deseja atingir, para que ao propor ideias os envolvidos saibam o que fará mais sentido.

Uma última dica é que o gestor tenha sempre claro o seu papel, por mais que permita a participação de outros, ele é o responsável pela empresa.

Invista em ferramentas de gestão

Realize todos os processos administrativos e empreendedores com sucesso, através de softwares de gestão administrativa e fiscal.

Assim como, os oferecidos pela Soften Sistemas, empresa especializada em tais modelos de softwares.

Tanto Soften SIEM, aplicativo desktop; como o GerencieAqui, sistema online, possuem funções eficientes para o controle ERP da empresa.

Além disso a empresa oferece implantação e treinamentos gratuitos, e também suporte técnico ilimitado para auxílio do cliente.

Banner Experimente Grátis

Entre em contato e simplifique a gestão da sua empresa com a Soften.

Compartilhe este artigo com seus amigos e continue acompanhando o Blog da Soften.

Não deixe também de seguir as Redes Sociais: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário logo abaixo.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!