Incoterm CPT: Entenda tudo sobre o Assunto

Diogo Oliveira - 18/07/2019 - 0 Comentário(s)

O Incoterm CPT é um dos 11 Incoterms utilizados em atividades de Comércio Internacional.

Como todos os outros termos, o CPT tem como objetivo definir responsabilidades, custos e riscos no processo de compra e venda internacional.

Todas as empresas que trabalham com importação/exportação precisam ficar por dentro deste e dos outros termos.

Neste artigo você ficará por dentro de tudo sobre o Incoterm CPT, assim como especificações e detalhes.

Materiais-gratuitos

Antes de tudo, o que são Incoterms?

Incoterms, é a sigla usada para Termos Internacionais do Comércio, ou, International Commercial Terms em inglês.

Tais termos foram criados em 1936 pela Câmara Internacional do Comércio – ICC, e são atualizados frequentemente, sendo a última versão a de 2010.

Atualmente têm-se 11 Incoterms em vigência, sendo divididos em quatro categorias representadas pelas letras iniciais dos mesmos: E, C, F e D.

Os Incoterms foram criados com o objetivo de definir quem deverá ser o responsável por transporte, assim como riscos e custos em comércios internacionais.

Ou seja, comprador e vendedor dividem ou decidem qual dos dois – exportador e importador – irão assumir as responsabilidades e riscos do processo.

Cada um dos 11 Incoterms definidos possuem suas especificações acerca de como se dará a entrega da mercadoria.

Lembrando que os Incoterms não são Contratos. mas sim termos que podem ser inseridos como cláusulas nos Contratos de Compra e Venda.

Entenda o Incoterm CPT

Incoterm CPT – Carriage Paid To -, é o termo do Transporte Pago até certo Destino designado.

Ele é um dos termos da Categoria C dos Incoterms, que têm também:

  • Incoterm CFR, Cost and Freight – Custo e Frete
  • Incoterm CIF, Cost, Insurance and Freight – Custo, Seguro e Frete
  • Incoterm CIP, Carriage And Insurance Paid To – Transporte e Seguro pago até o local designado

É um termo que pode ser utilizado em qualquer tipo de transporte: aeroviário, terrestres e marítimos.

No CPT, o vendedor/exportador deverá levar e se responsabilizar pela mercadoria até o local designado pelo comprador/importador.

Ou seja, o comprador deve designar um local de destino no país de destino onde o vendedor deverá descarregar a mercadoria.

Dessa forma, o Comprador se responsabiliza em pegar a Mercadoria no local onde o Exportador deve entregar e a partir daí arcar com o frete até o local onde se encontra.

Normalmente esse local designado é porto de embarque ou outro local, de acordo com o meio de transporte utilizado.

O Transportador Principal no Incoterm CPT é o Vendedor, ficando a encargo do comprador apenas o transporte dentro do seu país.

Responsabilidades e Riscos

A divisão de responsabilidades acontece de forma que cada um dos envolvidos se responsabiliza por processos em seu próprio país.

Contudo, Inspeção e Perícia da mercadoria deve ser um processo de responsabilidade tanto do vendedor quanto do comprador.

Além disso, o Comprador pode optar por realizar o pagamento do Seguro do Transporte Internacional.

Contudo, se optar por não contrair o Seguro, toda a responsabilidade por riscos e perdas no transporte internacional continua sendo dele.

Veja na listagem abaixo, a divisão das responsabilidade de cada envolvido no Incoterm CPT:

Vendedor / Exportador

  • Embalagem e Identificação
  • Carga, Transporte e Seguro no país de Origem
  • Direitos de Exportação
  • Burocracias Alfandegárias
  • Armazenamento e Despesas com Embarque
  • Transporte Internacional
  • Descarga no país de destino

Comprador / Importador

  • Manuseio e Armazenagem no Destino
  • Burocracias Alfandegárias e Direitos de Importação
  • Transporte e Seguro no país de Destino
  • Descarga da Mercadoria no seu local
  • Autorização de retirada da mercadoria
  • Possíveis custos adicionais de Importação

Controle Fiscal Ágil e Eficiente

Para que não haja demoras ou maiores problemas com a emissão de NFe e liberação da mercadoria, é preciso um software especializado da Soften Sistemas.

Os dois aplicativos da empresa – Soften SIEM, desktop e GerencieAqui, online – são extremamente eficientes e ágeis na emissão fiscal e gestão administrativa.

Garanta a melhor ferramenta para a sua empresa com implantação e treinamento gratuito e suporte técnico especializado.

Entre em contato com a Soften e garanta o melhor software fiscal e administrativo para sua empresa.

Compartilhe este conteúdo, continue acompanhando o Blog da Soften e deixe seu comentário caso tenha dúvidas.

Siga também as Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e Youtube.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!