lupa
Mouse

Inbound Marketing: o que é e qual a sua importância para as empresas?

Malu Brito - 29/07/2021 - 0 Comentário(s)

Entenda neste artigo o que é Inbound Marketing e qual a importância para as empresas que querem se manter competitivas no mercado atual.

O que é Inbound Marketing?

Inbound Marketing é o nome dado às estratégias (em grande maioria digitais) de atração e relacionamento com potenciais clientes através de plataformas e sistemas que automatizam passos no funil de vendas. 

Em essência, trata de uma visão do marketing como fortalecimento do contato entre consumidor e marca, com foco na experiência, de tal maneira que é o potencial cliente quem determina quando a venda deve ocorrer.

Essa metodologia se opõe ao marketing tradicional, panfletário, em que a venda é “empurrada” na direção do cliente.

Por que usar Inbound Marketing?

Na era do digital, é fundamental automatizar processos e etapas para garantir uma experiência padronizada para os potenciais clientes. Além disso, o Inbound Marketing foca em uma relação de confiança entre consumidor e marca, utilizando diversas estratégias de comunicação para entregar conteúdo de qualidade antes de pedir algo em troca. 

Dessa forma, as empresas podem se beneficiar de um fluxo de trabalho mais eficiente, do mapeamento de métricas e da otimização contínua das estratégias para aumentar ainda mais as oportunidades e vendas. 

Quais os benefícios do Inbound Marketing?

É possível resumir os benefícios do Inbound Marketing para empresas em alguns pilares importantes:

  1. Automação de processos;
  2. Redução de custos;
  3. Resultados a longo prazo;
  4. Acompanhamento de métricas com precisão.

A seguir, iremos explicar melhor cada um deles. Contudo, o Inbound Marketing não para por aí. O conceito, criado com o avanço da tecnologia e da internet já nos anos 2000, expandiu-se para inúmeras ferramentas e metodologias internas. 

1. Automação de processos

Um dos principais pontos do Inbound é a automação através de CRMs e outras plataformas e softwares de gerenciamento de contatos e conteúdo. 

Dessa forma, é possível garantir uma experiência fluida e contínua, sem ruídos, para todos os usuários que entrarem na base e se tornarem leads, facilitando a relação com cada um deles sem precisar aumentar a equipe na mesma proporção que o crescimento da base. 

2. Redução de Custos

O Inbound Marketing é comprovadamente mais barato que as outras estratégias de marketing (como o outbound). Isso porque muitas estratégias envolvem acesso e contato orgânico entre potenciais clientes e a marca, reduzindo os custos com anúncios e campanhas pagas.

Além disso, como as estratégias são contínuas, e não param de gerar resultados caso sejam interrompidas, a atração de leads por artigos, por exemplo, continua ocorrendo. 

3. Resultados a longo prazo

O Inbound é uma estratégia a médio e longo prazo. Isso significa que, para as empresas buscando estabilidade e um crescimento contínuo, investir no Inbound é uma decisão assertiva. 

Além disso, com práticas de Growth Hacking para otimizar as campanhas em curso, as empresas também podem aumentar a velocidade de crescimento e ampliar os resultados alcançados com o Inbound. 

Isso, somado ao baixo custo, ajuda a tornar a estratégia viável para a maioria das empresas, independentemente do segmento e do tamanho.

4. Acompanhamento de métricas

Um dos maiores benefícios dos CRMs no Inbound Marketing é a possibilidade de acompanhar os resultados das campanhas com precisão.

Pode-se avaliar o crescimento dos acessos orgânicos, taxa de abertura de e-mails, interações e conversões em redes sociais e muito mais. 

Isso muda completamente a direção dos times de marketing, que saem de uma posição totalmente criativa e publicitária do mundo pré-internet e migram para uma atuação mais analítica e holística dos canais de atração, conversão e vendas. 

Principais estratégias de Inbound marketing

O Inbound marketing pode ser dividido em alguns canais e estratégias principais. Abaixo, listamos as principais:

SEO

Para economizar com anúncios, é preciso ser encontrado de maneira orgânica, e isso depende de uma série de otimizações em sites e blogs. O SEO (Search Engine Optimization, ou otimização para plataformas de busca) é a parte que avalia esse aspecto.

Só é possível estar na primeira página do Google caso as recomendações da plataforma de busca sejam seguidas. E isso inclui o uso de palavras-chave, otimização de sites deixando-os mais leves e mobile-friendly (design responsivo para smartphones), tags e mais. 

Redes Sociais

Não é preciso estar em todas as redes sociais, apenas naquelas em que seus potenciais clientes atuam. 

As redes sociais são um ponto de contato e interação poderoso com os potenciais clientes. Com uma gestão de redes sociais eficiente, é possível desenvolver campanhas virais, falar diretamente com prospectos e ampliar a percepção de marca com publicações voltadas não só para conversão, mas posicionamento ético, missão, valores etc.

Blog

Junto do SEO, os blogs são plataformas que potencializam a percepção da marca na internet. Estar no lugar certo na hora certa é fundamental para atrair leads qualificados, e isso envolve entender o que essas pessoas pesquisam e o que procuram na internet. 

Saber quais são as palavras-chaves para topo, meio e fundo de funil auxilia no desenvolvimento das estratégias de blogs mensais. 

E, com a flutuação contínua de interesse dos usuários pelas redes sociais, os blogs continuam uma das formas mais seguras de se posicionar no Inbound, visto que os resultados são sólidos e a longo prazo.

E-mail Marketing

Enquanto os pontos acima tratavam essencialmente da atração de usuários para conversão em leads, o e-mail marketing já trabalha na etapa seguinte, quando o lead está na base e começa a receber os e-mails. 

Saber como montar boas automações e disparos de newsletter, segmentar a base de acordo com interesses e posição no funil de vendas são só alguns dos pontos importantes aqui. 

E-mails ainda dependem de bons títulos para chamar a atenção, aumentar a taxa de abertura e reduzir o risco de marcação como spam. 

Importante observar que comprar base de leads prejudica enormemente as empresas, faz o domínio perder credibilidade e não gera resultados. 

As pessoas que recebem os e-mails devem ter se predisposto por livre e espontânea vontade para tal. 

Anúncios

Outro pilar importante do Inbound é a campanha paga. Muitas vezes, quando negócios estão começando ou falamos do lançamento de um novo produto ou serviço, esperar que as pessoas encontrem algo de maneira orgânica não irá levar a lugar nenhum.

Por isso, são desenvolvidas estratégias de anúncio para atrair interessados na nova solução, divulgar o novo produto ou serviço e apresentar ao mundo essa novidade. 

Os anúncios, de maneira bem rudimentar, ampliam a “boca” do funil, chamando mais pessoas para o processo.

Solicitar teste gratuito no sistema

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe-o com sua rede de contatos.

Ainda te resta alguma dúvida sobre o tema? Então deixe um comentário e teremos prazer em lhe ajudar.

Continue nos acompanhando aqui no Blog e em nossas redes sociais: Facebook, InstagramYoutube e Linkedin.

Até a próxima!

Malu Brito

Malu tem 20 anos. Aqui na Soften, atuou no setor comercial por um ano e meio e foi convocada para reforçar nosso time de Marketing. É responsável pelo produção de conteúdo e é uma das mais novas autoras do nosso blog. Nas horas vagas curte filmes, séries e adora um debate. Uma comunicadora completa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economize tempo e dinheiro.
Promova já o crescimento
da sua empresa.

Experimentar agora
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!