lupa
Mouse

Por que devo usar o fluxo de caixa?

Malu Brito - 28/01/2021 - 0 Comentário(s)

Primeiramente precisamos entender o que é e como funciona o fluxo de caixa, para vermos de que forma ele pode ajudar sua empresa.

O fluxo de caixa é um instrumento básico de controle e planejamento financeiro.

Então com esta ferramenta é possível verificar e planejar o saldo disponível de forma que sempre exista capital de giro na empresa, para que sejam aplicados ou cubram gastos eventuais quando necessário.

Sem o fluxo de caixa o empresário pode ter uma visão errada sobre a situação da empresa.

Então alguns fatos como o vencimento de contratos ou picos de vendas podem criar a imagem de que existe dinheiro sobrando, sem a visão dos gastos que virão pela frente, por exemplo.

Basicamente é o lançamento de entradas e saídas de dinheiro no caixa da empresa.

E com o preenchimento correto dos dados, pode-se ter uma visão mais detalhada e precisa sobre o movimento financeiro da empresa.

O que lançar no fluxo de caixa

Para que você tenha informações corretas geradas pelo fluxo de caixa, e é preciso que sejam feitos todos os lançamentos das entradas e saídas financeiras da empresa. 

Então é preciso lançar:

  • Todos os recebimentos: devem ser lançadas as vendas à vista e a prazo, recebimento de duplicatas, entre outros.
  • Todos os pagamentos: compras à vista e a prazo, pagamento de duplicatas, pagamento de despesas, entre outros.
  • Previstos: deve-se lançar até o último pagamento e recebimento conhecido ou o máximo possível de acordo com a movimentação da empresa.

Normalmente, surgem dificuldades para elaborar o controle no início do preenchimento do fluxo de caixa.

Porém, em pouco tempo você perceberá a grande ajuda e importância de se poder tomar decisões tendo uma boa base dados de entrada e saída de recursos.

Existem planilhas eletrônicas e programas de computação próprios para o controle de fluxo de caixa, que agilizam o controle e as respostas.

Planilha gratuita para controle de fluxo de caixa

Mas o controle também pode ser feito de forma manual, utilizando uma agenda ou caderno próprio. É mais trabalhoso, mas também gera bons resultados.

A estrutura do fluxo de caixa irá depender da natureza da sua empresa ou também das necessidades dos gestores.

Portanto, o fechamento final do fluxo de caixa será o saldo correspondente entre os recebimentos e os gastos em um determinado período. Então ele pode ser diário, semanal ou mensal, de acordo com a necessidade da empresa.

Benefícios do uso do fluxo de caixa

Quando se elabora um fluxo de caixa, é possível uma visão do presente e do futuro financeiro da sua empresa. Uma excelente ferramenta para a avaliação da disponibilidade de caixa e liquidez da empresa.

E um exemplo de uso do fluxo de caixa é fazer uma avaliação de uma campanha de vendas.

Analisando todos os dados de recebimento e dos gastos, é possível ver com eficiência o verdadeiro lucro ou prejuízo.

E então com uma ferramenta tão importante e eficiente pode-se tomar com mais tranquilidade decisões importantes na empresa.

Tais como: planejamento de investimentos ou mesmo a redução de custos, a necessidade de tomada de empréstimos, negociação de prazos com fornecedores, promoções para desencalhar estoques, entre outras ações.

Como preenche-lo

Quando se vai iniciar os lançamentos no fluxo de caixa, é recomendado seguir a seguinte ordem:

  • Contas a pagar e a receber: são os compromissos já assumidos e os valores a receber, que já são conhecidos ou então facilmente calculados.
  • Estimativa de contas a pagar: embora não saiba ainda o valor real, não deixe de lançar a previsão de contas que deverão ser pagas, tais como: energia, água, folha de pagamento, impostos, entre outras. 

Procure conhecer as datas corretas dos lançamentos futuros e os possíveis reajustes delas.

  • Vendas à vista: no caso de vendas à vista utilize como base a média das vendas realizadas normalmente. 

Você poderá ver os meses em que o movimento é, em média, mais forte ou mais fraco. Sendo assim terá conhecimento maior para futuras decisões. 

Procure ser sempre mais conservador em suas estimativas.

  • Recebimentos: considere as vendas a vista e prazo, duplicatas, cartões, rendimentos de aplicações e outros tipos de recebimento.
  • Pagamentos: considere despesas bancárias, pagamento a fornecedores, folha de pagamento de funcionários, telefonia, internet, água, energia, aluguéis, serviços de terceiros, impostos, custo com equipamentos e manutenções, entre outros.

Facilidade no dia a dia

Como demonstrado, o uso do fluxo de caixa trás várias possibilidades para facilitar o controle financeiro da empresa e o planejamento estratégico.

Basicamente se trata de um controle de recebimentos e pagamentos.

Mas é bem mais que isto. É uma grande ferramenta para análise.

Ele fornece dados para correção dos rumos de estratégias de venda, mostra pontos onde os gastos são excessivos e até mesmo desnecessários dentro da empresa. Aponta pontos onde são necessários investimentos e onde é gerado maior lucro.

E quando obter um saldo negativo, é mais fácil verificar as causas que podem ser por atrasos nos recebimentos, queda nas vendas, alta taxa de inadimplência, entre outros.

E fica bem mais fácil identificar a causa através do fluxo de caixa.

E-book gratuito e completo explicando o fluxo de caixa.

Nós da Soften sistemas fornecemos um sistema completo para controle do seu caixa contando com estoque, financeiro e vendas.

Você pode escolher entre um sistema completamente online. Com ele você pode acessar de onde estiver, até mesmo de seu celular.

Ou pode optar por um sistema em desktop que não necessita de internet para ser acessado. E ele conta com funções específicas de controle em todos os módulos.

Entre em contato agora mesmo com um de nossos representantes e conheça nosso sistema gratuitamente.

Estamos aguardando seu contato!

Gostou do artigo? Então compartilhe com sua rede de contatos.

Te restou alguma dúvida? Então comente aqui e teremos prazer em te ajudar.

Continue nos acompanhando aqui no Blog e nas nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Youtube e Linkedin.

Até a próxima!

Malu Brito
Malu Brito

Malu tem 20 anos. Aqui na Soften, atuou no setor comercial por um ano e meio e foi convocada para reforçar nosso time de Marketing. É responsável pelo produção de conteúdo e é uma das mais novas autoras do nosso blog. Nas horas vagas curte filmes, séries e adora um debate. Uma comunicadora completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economize tempo e dinheiro.
Promova já o crescimento
da sua empresa.

           Experimentar agora
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!