Conheça o Emissor gratuito de NFe para MEI do Sebrae

Diogo Oliveira - 12/07/2018 - 0 Comentário(s)

Você empresário, tem dúvidas quanto ao Emissor gratuito de NFe para MEI do Sebrae?

A única ferramenta gratuita disponível para emissão de NFe, pode facilitar a vida de empresários MEI que precisam realizar o procedimento.

Contudo, é preciso conhecer bem suas funcionalidades e ferramentas para ter certeza que ele atenderá a demanda do negócio.

Acompanhe este artigo e veja todas as especificações do sistema e as suas ferramentas.

MEI e NFe, entenda a relação

MEI é a sigla para Micro Empreendedor Individual, e representa um regime tributário empresarial para empresários individuais.

Atualmente o MEI é o regime com maior número de optantes no panorama empresarial brasileiro, e apresenta mais vantagens que desvantagens.

Segundo dados recentes do regime, são cerca de 7 milhões de empresários individuais com cadastro ativo.

O regime que completou 9 anos de existência em 2018, foi criado com o intuito de simplificar a formalização de milhares de empreendedores individuais e trabalhadores autônomos.

Além disso, o intuito também é gerar uma carga tributária reduzida, seguindo o modelo do Simples Nacional, pagando uma guia mensal.

As taxas que devem ser pagas, variam de acordo com a alteração do salário mínimo, e a taxa do INSS e do tipo de empresa.

Em 2018, as taxas estão de acordo com a tabela abaixo:

Tabela Tributos MEI 2

Segundo a legislação atual, o MEI não é obrigado a emitir NFe, salvo algumas exceções, que são elas:

– Caso realize prestação de serviço ou venda de mercadoria para uma Pessoa Jurídica;

– Ou no caso de o consumidor exigir o documento.

Sobre o Emissor gratuito de NFe para MEI do Sebrae

O Emissor NFe do SEBRAE, é hoje a única solução disponível gratuitamente para os empresários.

Tal opção surgiu após a SEFAZ de SP, após constatar que a grande maioria dos empresários não se utilizavam do seu emissor, decidir por descontinuar o sistema.

Com isso em Julho de 2017 o SEBRAE SP decidiu por disponibilizar um sistema gratuito para todos os empreendedores que necessitarem.

O sistema é simples e é uma excelente opção para os empresários que somente querem cumprir com a obrigatoriedade fiscal.

Contudo, ele não será tão eficiente caso o gestor necessite de funções mais amplas para gerenciamento fiscal, por exemplo.

Isto por que as funcionalidades se limitam a:

  • Emissão e gerenciamento de NFe e CTe;
  • Exportação do arquivo XML;
  • Impressão do DANFE e DACTE;
  • Cadastro de clientes e transportadoras.

O sistema não trabalha com banco de dados, nem processo automático de inserção de impostos mediante a cadastro prévio, por exemplo.

Figura Download E Book MEI e NFe

Procedimentos para a emissão de NFe

Para o empreendedor que deseja ou necessita realizar a emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NFe) é necessário cumprir alguns requisitos básicos.

Primeiro é preciso realizar a chamada “homologação” junto à SEFAZ do estado para o procedimento.

Tal processo nada mais é, do que uma autorização por parte do Governo para que possa realizar a emissão.

Paralelo a tal processo é necessário que a empresa adquira um Certificado Digital, que deve ser de acordo com a hierarquia ICP Brasil.

Com tais processos concluídos, é o momento de buscar um sistema preparado para a emissão da NFe.

Lembrando que é de extrema importância que o empresário tenha um auxílio contábil em todos os processos, especialmente na emissão da nota.

No momento da escolha do sistema é preciso que o empreendedor tenha em mente duas situações:

Se ele só quer cumprir com a obrigação de emitir NFe, ou se quer também gerenciar o negócio completamente.

Se a resposta for a primeira, o emissor gratuito do Sebrae é a melhor opção para que não tenha dor de cabeça.

Contudo, para uma segurança e se for a vontade do gestor de realizar o gerenciamento fiscal será necessário buscar um sistema mais completo e pago.

Pois, tais modelos além de disponibilizar a emissão de notas, possibilita também o gerenciamento fiscal completo da empresa.

Além da integração com o modelo ERP de gerenciamento administrativo de estoque, comercial e financeiro.

Garanta automatização e eficiência na gestão fiscal e administrativa

Para os empresários que desejam ter uma gestão fiscal e empresarial completa, unida à emissão fiscal simplificada e ágil, é preciso investir em um sistema pago.

Neste caso, conheça a Soften Sistemas, e seus softwares: Soften SIEM e GerencieAqui.

Ambos os modelos garantem simplicidade e agilidade na emissão de NFe além de possibilidade de integração ao modelo ERP.

Além disto a Soften dispõe de uma equipe de treinamento e suporte altamente especializada para atender o cliente de forma ilimitada.

Conheça Soften Sistemas

Quer saber mais, conhecer os pacotes e sistemas da Soften? Entre em contato ainda hoje.

Acompanhe o Blog da Soften, ele é atualizado diariamente com textos de áreas fiscais, administrativas e de negócios em geral.

E se ficou alguma dúvida sobre o tema, deixe seu comentário que a Soften lhe responderá.

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

Experimentar agora
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!