Conheça 5 novas tecnologias para pequenas empresas

Guilherme Volpi - 13/01/2018 - 0 Comentário(s)

A ideia de que inovações de mercado são direcionadas apenas para as grandes empresas já foi desmistificada. Com a disseminação e a popularização da internet e das ferramentas digitais, as tecnologias para pequenas empresas já fazem parte da realidade de muitos pequenos empreendedores.

A tecnologia tem ajudado muitas empresas a otimizar suas rotinas, a melhorar os processos de todas as áreas, a modificar seus produtos e serviços e a oferecer melhores experiências para o público-alvo.

Existem muitas novidades no mercado e o gestor precisa estar por dentro das tendências para impulsionar o negócio. Pensando nisso, o artigo de hoje traz 5 novas tecnologias para pequenas empresas que você pode adotar para ter melhores resultados no seu negócio!

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Confira!

1. Softwares de gestão

Ao abrir uma empresa pode parecer simples gerenciar as atividades usando apenas anotações e planilhas. No entanto, quando o negócio começa a crescer, novas pessoas fazem parte do time e a estrutura aumenta.

O antigo processo de gestão não gera mais os resultados esperados e é necessário adotar a tecnologia para otimizar esses processos.

Existem diferentes softwares de gestão disponíveis no mercado — desde plataformas para automatizar processos como disparos de e-mail marketing, até mesmo softwares mais completos como CRMs e ERPs, que fornecem sistemas preparados para auxiliar nas atividades de áreas como marketing, vendas, logística e setor financeiro.

O uso dessas plataformas otimizam a produtividade de todo o time, fornecendo a possibilidade de automatizar processos manuais, garantir mais precisão nas ações realizadas e aumentar a capacidade de atendimento da empresa, permitindo a expansão saudável do negócio.

A variação de preços e funcionalidades é gigante. É possível encontrar no mercado diferentes fornecedores que atendem às necessidades da empresa e o orçamento estipulado para investimento em tecnologia.

2. Integração de plataformas

A adoção dos softwares para auxiliar nas atividades de diferentes áreas apresenta melhores resultados para a empresa. Porém, o uso de muitas soluções pode resultar em muitos dados e informações desconexas — o que torna difícil o processo de tomada de decisões estratégicas para o gestor.

É necessário, portanto, que as plataformas possam “conversar” entre si, fazendo a integração dos dados em todas as plataformas utilizadas pelas diferentes áreas do negócio. A integração fornece uma visão completa das atividades, gerando insights para as decisões da empresa.

A maioria dos novos sistemas criados é adaptável para enviar e receber dados entre eles, mesmo quando focados em áreas específicas.

Em casos de uso de sistemas antigos, há a opção de contratar empresas focadas no desenvolvimento de conectores para essas soluções. A empresa também pode optar pela transição para novas opções, mais modernas e com integração facilitada.

3. Soluções em nuvem

Uma das tecnologias e inovações mais adotadas por pequenas empresas é o uso de soluções em nuvem — que permitem o armazenamento e o compartilhamento de dados em um ambiente seguro e digital.

Além disso, essas soluções reduzem os custos da empresa em servidores, equipes e equipamentos de TI.

A nuvem fornece um ambiente no qual todos os funcionários podem ter acesso a documentos e informações — excluindo a necessidade de papéis, planilhas e memórias de um computador para armazenamento de dados.

Edição e compartilhamento podem ser feitos de forma instantânea, otimizando o trabalho das equipes.

Além disso, muitas plataformas usam a nuvem como base de suas soluções, oferecendo seu sistema como um serviço.

Nesse caso, não é necessário instalar o software na máquina, ele pode ser acessado de qualquer computador conectado à internet, o que aumenta a facilidade de uso e reduz custos de instalação e manutenção das máquinas.

Soften Sistemas CTA

4. Big Data

Fica claro que a adoção de softwares, plataformas e sistemas para a gestão do negócio não só ajuda na execução de atividades mas também fornece algo muito importante para a tomada de decisão na gestão: dados.

O uso dessas soluções transfere as anotações realizadas em papéis para controles bem-feitos no ambiente digital ou computadorizado.

Isso permite à empresa o arquivamento de mais informações, de forma padronizada e automática. Erros humanos de digitação também são evitados, garantindo mais precisão nos dados do negócio.

Além disso, a quantidade de dados coletados é muito maior na internet, fenômeno conhecido como Big Data, que muitas empresas consideram a chave para tomar decisões cada vez mais assertivas.

Seu uso é compreendido como a análise dos dados coletados pela empresa cruzados com outros dados do mercado, disponíveis no meio digital, para fazer modelos estatísticos que garantem maior previsibilidade nas decisões.

Já existem no mercado soluções focadas na coleta e na análise de grandes volumes de dados (big data).

Elas são focadas no meio digital e ajudam as organizações em suas decisões de marketing e vendas, normalmente auxiliando na escolha de perfis de clientes mais propensos a comprar e no controle de estoque.

5. Internet das Coisas (IoT)

Esse é um termo muito comum na internet e no mercado. A Internet das Coisas — ou Internet of Things (IoT) — se refere ao uso da tecnologia para criar coisas inteligentes, que executam tarefas de forma programada e coletam dados automaticamente.

Embora seja um mercado novo, muitas empresas e segmentos estão apostando na IoT para melhorar seus processos. Exemplos já encontrados no mercado são casas inteligentes, que identificam a necessidade de fechar janelas, desligar o forno ou acender luzes.

O setor logístico também possui muito interesse nessa tecnologia, uma vez que seria possível fazer o controle de estoque e a gestão de entregas de forma automatizada, com acompanhamento em tempo real por meio da transmissão de dados.

O uso dessas tecnologias para pequenas empresas pode ser diverso. Muitas delas utilizam como fator de diferenciação do mercado para conquistar o público-alvo, oferecer melhores experiências de compra e fidelizar clientes.

Outras empresas focam o uso da tecnologia para melhorar seus processos, reduzindo custos e otimizando as atividades internas do negócio.

Independentemente da forma escolhida, as novas tecnologias sempre trazem benefícios para a empresa, independentemente do seu tamanho ou segmento.

O importante é buscar tecnologias que fazem sentido para o negócio e geram benefícios reais.

Conheça Soften Sistemas

Gostou de conhecer essas tecnologias para pequenas empresas e como elas geram melhores resultados para o negócio? Então assine a nossa newsletter e receba dicas como essas diretamente em seu e-mail!

Guilherme Volpi
Guilherme Volpi

Guilherme Volpi é CEO da empresa Soften Sistemas. Formado em Administração de Empresas, programava softwares nas horas vagas. Hoje coordena todo grupo Soften e quando sobra um tempinho escreve para o blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

Experimentar agora
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!