Conheça o sistema de gestão mais completo para seu negócio

Como Fazer Controle Financeiro Empresarial em 8 Passos

Flávia Scalon - 30/09/2019 - 0 Comentário(s)

Antes de falarmos como fazer controle financeiro empresarial, se faz necessário dizer quais são as principais finalidades dessa ferramenta de gestão.

O controle financeiro empresarial funciona como um controle geral da parte financeira e contábil da sua empresa, determinando com exatidão dados como: orçamentos, custos, despesas, investimentos, fornecedores, vendas e compras.

Tem como principal intuito ser uma ferramenta responsável pelo planejamento financeiro da empresa, que proporciona a escolha de decisões mais assertivas e lucrativas.

O controle financeiro trabalha com os recursos da empresa em determinado período, prevendo como será distribuída a receita entre os diferentes custos, despesas e os investimentos da mesma.

Confira o artigo e veja 8 passos importantes para um bom controle financeiro.

Como Fazer um Controle Financeiro Empresarial: 8 Passos Importantes

Toda empresa líder no mercado trabalha com um bom controle financeiro empresarial, de forma que a sua empresa precisa adotar esse sistema de gestão.

E para isso daremos os 8 passos para fazer um controle financeiro empresarial de sucesso, veja:

1. Controle de Fluxo de Caixa

No primeiro passo, é preciso que você se inteire de uma das mais utilizadas ferramentas: o fluxo de caixa.

É através dessa incrível ferramenta que o controle financeiro da sua empresa irá apresentar todos os detalhes dos valores de entradas e saídas da sua empresa, com um cálculo realizado a partir dos saldos existentes em suas contas bancárias.

É essencial ter um controle do fluxo de caixa da empresa, através dele que o negócio conseguirá se manter organizada e com uma visão ampla sobre das finanças em um determinado período de tempo.

Ou ainda conseguirá ter as suas projeções em médio, curto e longo prazo, o que irá facilitar na hora de ter uma análise financeira interna da sua empresa.

Para ter um controle mais efetivo, crie uma rotina para acompanhar o seu fluxo de caixa, gerando relatórios a cada final de mês ou quinzenalmente.

2. Planejamento

Para que o seu controle financeiro empresarial funcione bem, é preciso ter um planejamento pré-estabelecido.

Ter um bom planejamento financeiro empresarial facilita na hora de gerir o seu negócio, determinar metas, objetivos, períodos, ações, irá fazer toda diferença na hora trabalhar com os dados registrados no seu controle financeiro empresarial.

Com um bom planejamento você tem uma noção real da sua capacidade de lucro, podendo assim se basear em como sua empresa está indo e se está cumprindo as ações planejadas para o objetivo maior.

De forma que se faz necessário que ao realizar seu planejamento você se pergunte as seguintes coisas:

  • Qual foi o lucro dos últimos 12 meses?
  • É viável poupar dinheiro para investir?
  • Quais despesas poderão ser cortadas, ou ainda reduzidas?
  • Qual foi a lucratividade do negócio no mês anterior?
  • Onde minha empresa vai estar em 12 meses?
  • Qual a missão financeira eu desejo para o meu negócio?

3. Planos a Longo Prazo

Para que a sua empresa tenha bom controle financeiro empresarial é preciso trabalhar com um prazo maior para o objetivo final, por exemplo.

Com um planejamento de longo prazo, tanto da situação da empresa quanto do mercado podem se adequar e trabalhar com metas alcançáveis.

Trabalhando com uma margem de tempo maior, é possível alinhar o investimento para fazer o negócio rodar com o faturamento que ele vai gerar, evitando eventuais problemas com o capital de giro em um futuro próximo.

É essencial ter conhecimento da situação do ciclo operacional das atividades da empresa, para poder definir o valor das despesas que existem em cada atividade, como:

  • Aquisição, estocagem, fabricação, venda e pagamento, isto visando todas as despesas e planejando de acordo com seu potencial de retorno.

4. Tenha o seu Capital de Giro

Nenhuma empresa de sucesso trabalha sem capital de giro, sendo essencial ter um para elaborar com eficácia o seu controle financeiro empresarial.

O capital de giro trabalha interligado com os recursos disponíveis em caixa e a soma das despesas e contas a pagar, sendo o dinheiro necessário para manter a empresa com as portas abertas.

É o capital de giro que garante a saúde financeira da sua empresa, proporcionando:

  • Recursos de financiamento aos clientes (“vendas a prazo”), manutenção do estoque e segurança de pagamento aos fornecedores, pagamento de impostos, salários, entre outros custos e despesas operacionais.
Materiais Gratuitos Soften Sistemas

5. Cortando os Gastos Inúteis

Os gastos são dados muito importantes do controle financeiro empresarial, por meio deles é possível saber quais são as compras necessárias para o funcionamento, por exemplo.

Muitos empreendimentos acabam indo a falência por não saber quais são os custos operacionais e quais são os custos desnecessários.

De forma que o seu setor irá ter gastos dos mais variados setores, como: gastos com papel, fotocópias, impressões, energia elétrica, telefone e internet.

Porém, esses gastos muitas vezes não fazem parte do lucro da empresa, não sendo essenciais, por isso cabe ao responsável analisar o que pode ser reduzido ou cortado.

Uma boa ideia para economizar é desenvolver uma política de consciência ambiental, realizando a impressão apenas do que for realmente necessário.

Dessa forma, além de economizar dinheiro e papel, a empresa contribui com o meio ambiente.

6. Antecipe Pagamentos

Para evitar pagar taxas e multas desnecessárias, em caso de esquecimento ou problemas externos, tente antecipar os pagamentos.

Em muitos casos ainda, a antecipação do pagamento oportuniza descontos, promoções entre outras vantagens.

É super importante que você acompanhe o fluxo de caixa para evitar possíveis prejuízos de pagamentos em atraso.

Ainda, no que tange as renegociações de dívidas com o pagamento antecipado de parcelas, é possível rever juros e multas.

7. Analise se é o Melhor Momento

A melhor forma de elaborar um controle financeiro empresarial completo é através de uma análise da sua viabilidade econômica, através das seguintes ações:

  • Análises de mercado;
  • Análise dos produtos e serviços da sua empresa;
  • Cálculo da receita;
  • Cálculo de rentabilidade;
  • Projeção de custos e investimentos;
  • Cálculo de rentabilidade;
  • Retornos financeiros.

Através de uma análise bem completa e minuciosa, a sua empresa poderá ter uma maior clareza sobre se deve ou não investir.

8. Tenha uma Equipe de Profissionais

Para que você possa fazer o seu controle financeiro empresarial, é preciso que você tenha profissionais bem capacitados.

E caso não tenha, analise se vale a pena contratar profissionais ou ainda, ter uma consultoria contábil.

É inegável que a contabilidade é indispensável para qualquer empresa, seja ela de grande ou pequeno porte.

Somente com informações contábeis corretas, a empresa pode crescer e prosperar, aumentando a sua lucratividade e ganhando espaço no seu segmento.

Dentro ainda dessa ideia uma boa dica é procurar o auxílio de especialistas financeiros, profissionais, como o contador ou um especialista em gestão de negócios.

Com a orientação de profissionais capacitados, será mais fácil organizar o seu planejamento, evitando erros e falhas de gestão.

Controle Financeiro Empresarial faz toda a Diferença

Grandes empreendimentos trabalham com um controle financeiro empresarial por questões de tempo, praticidade, dinheiro, entre muitas outras vantagens.

Apenas com uma gestão adequada das suas finanças é que o seu negócio poderá crescer e se desenvolver com rapidez e eficiência.

O controle financeiro ainda proporciona uma reserva de investimentos.

Uma boa gestão financeira empresarial inicialmente poderá aparentar ser uma tarefa difícil de elaborar, mas, com uma boa análise das suas finanças e com profissionais capacitados para tal, a sua empresa só terá o que ganhar com essa ferramenta.

Escolha a Melhor Ferramenta para Controlar a Gestão Financeira de seu Negócio

Como visto ao longo de todo o artigo, um Controle Financeiro Empresarial se faz muito necessário em um negócio, independente do segmento.

Isto porque, quando se tem o controle de todas as transações e processos, se consegue planejar e ter estratégias mais definidas.

Por isso, a Soften Sistemas oferece ferramentas completas para os empresários brasileiros que escolhem qualidade em sua rotina.

Tanto o Soften Siem quanto o GerencieAqui disponibiliza diversas funcionalidades para uma gestão otimizada.

Além disso, os clientes têm à sua disposição implantação, treinamento e suporte técnico ilimitado.

Por isso, não perca tempo e adquira um sistema da Soften, basta entrar em contato e saber mais sobre o que é oferecido.

Não perca as atualizações do Blog, acompanhe e tenha novos textos todos os dias.

Siga também as Redes Sociais: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

Em caso de dúvidas, comente no campo abaixo!

Flávia Scalon
Flávia Scalon

É formada em publicidade e propaganda, pós graduada em gestão de comunicação integrada e uma das principais autoras do blog. Especialista em assuntos fiscais. Nas horas vagas, gosta de ler sobre romance, comédia, drama, entre outros assuntos, também curte vários estilos musicais e aprecia múltiplas culinárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!