lupa
Mouse

Brainstorming: Saiba o que é e como utilizar em sua empresa

Diogo Oliveira - 26/07/2018 - 0 Comentário(s)

A técnica de Brainstorming pode ser aquele “UP” que falta no processo criativo e também para as resoluções de problemas do seu negócio.

O processo de Brainstorming tem sua origem na década de 1940, e desde então se mantém atual, auxiliando muitas empresas e corporações.

Entender a importância, origem e como aplicar no seu empreendimento pode ser o fator decisivo para o crescimento.

Acompanhe então este processo e utilize esta técnica em sua empresa.

Conceito de Brainstorming

Brainstorming é uma palavra de origem inglesa, que em tradução livre significa “tempestade de ideias”.

A técnica ou método foi criada em 1942 pelo publicitário americano Alex Osborn.

Seu modelo segue a premissa de que “várias cabeças pensam melhor do que uma só”, ou seja, é a reunião de várias ideias.

Ou melhor explicando, é um processo de criação conjunta, por meio de reuniões ou atividades em grupo ou individual reunindo um conjunto de ideias.

Materiais Gratuitos Soften Sistemas

Desde a sua criação, a técnica foi sendo aprimorada gradativamente por estudiosos e profissionais, seja de marketing, administrativo, etc.

Em 2012, Ralph Keeney, por meio de um artigo na revista Decision Analysis explanou uma série de pontos aprimorando a técnica.

Ainda hoje, a técnica é uma das mais utilizadas por corporações dos mais variados portes para resoluções de problemas e criação de ideias.

E também passa por reestruturações e adaptações, de acordo com a necessidade de cada grupo que se utiliza.

Quando aplicar o Brainstorming?

Foi identificado um problema, obstáculo, ou situação que necessita de criatividade e novas ideias para resolução?

Esta é a oportunidade perfeita para utilizar um Brainstorming bem elaborado.

Para isto, detalhe bem o problema a ser solucionado, para que os participantes da atividade possam pensar bem na resolução.

O desenvolvimento de ideias será mais efetivo se houver pleno conhecimento da situação em questão.

E lembre-se que para a aplicação da técnica, o principal elemento deve ser a liberdade criativa.

Portanto, prepare tudo para que o processo de Brainstorming seja o mais produtivo possível.

Você pode utilizar a técnica para diversas situações, as mais comuns são:

  • Desenvolvimento de conteúdo de Marketing ou similares;
  • Problemas em algum processo da empresa, seja, administrativo, vendas ou qualquer outro;
  • Necessidade de inovação e/ou criação de novas ofertas.

Preparando tudo para a “Tempestade de Ideias”

Na natureza, uma tempestade ocorre após um grande encontro de ar frio, que sobe rapidamente e encontra com o ar quente.

No mundo empresarial podemos usar esta metáfora, quando encontramos uma situação caótica, é o momento de uma tempestade para descarregar as energias.

Neste caso, a tempestade serve para descarregar as ideias, com o intuito de apontar pontos de mudança.

Para a aplicação da técnica então, prepare o terreno, ou seja, identifique o problema e tudo relacionado a ele.

Se necessário, alie o Brainstorming à técnicas modernas de resolução de problemas e criação de ideias, como o Ciclo PDCA e Design Thinking.

Lembre-se de não somente identificar o problema, mas também sua causa e consequências na empresa, para que assim o foco no processo seja certeiro.

Faça chover

A aplicação segue alguns passos cruciais para uma maior efetividade e melhores resultados.

1º Passo:

Escolha os participantes do processo, atenção para que não seja um grupo muito grande, um número excelente é entre 6 e 10 pessoas.

Passe o tema para cada um dos participantesantes da reunião, isto fará com que as pessoas já venham com pré resultados de casa.

Além de que, favorece um espaço muito mais criativo e com um número mais exponencial de ideias apresentadas.

2º Passo:

Pense no espaço, ele precisa ser aconchegante e favorecer a liberdade criativa.

Preocupe-se com a receptividade dos participantes, para que assim eles apresentem ideias produtivas para o processo.

3º Passo:

Tenha um Líder e um Secretário definidos para o processo.

O primeiro deverá moderar toda a situação, mantendo o ambiente calmo e organizado.

O líder deve ser alguém que tenha domínio do assunto e da empresa, além de calmo e com uma visão expansiva da situação.

O secretário também tem um papel fundamental, à medida que ele deverá anotar as ideias que são apresentadas.

É preciso que se evite vincular a ideia ao seu criador, para que não aconteça favoritismos ou algo similar.

Seguiu os passos indicados? Preparou todo o processo chegou a hora de fazer chover ideias.

Tenha resultados efetivos

Para que o seu Brainstorming tenha o maior nível de eficiência e produtividade possível, alguns elementos e regras devem ser cruciais.

Regrinhas Básicas

  1. Todas as ideias são boas, não julgue-as
  2. Elimine a distração, para que o fluxo criativo permaneça
  3. Igualdade no processo, não deixe um falar mais que o outro
  4. Não deve haver conflitos, pois é um processo criativo, não uma disputa
  5. Acima de tudo preserve a liberdade

Melhores práticas

Algumas técnicas apresentam melhor eficiência na aplicação do Brainstorming em corporações:

Brainstorming Reverso ou Oposto

Neste modelo, o processo consiste em colocar a questão que está em foco, sempre pensando de forma oposta.

Por exemplo:

“Como melhorar a apresentação da vitrine da minha loja?” – Problema em questão

No pensamento oposto, faça a seguinte pergunta: “Como não melhorar ou piorar a apresentação da vitrine da minha loja?”

Deixe que as pessoas respondam esta pergunta, dessa forma você encontrará, por eliminação, a melhor técnica a ser utilizada.

Mind Mapping – Mapa Mental

Esta técnica pode propiciar melhores resultados à medida em que possa haver bloqueios de ideias.

Basicamente, coloque no centro da mesa ou de uma lousa, 3 palavras relacionadas ao problema.

Os participantes deverão apresentar três palavras a mais para cada palavra, gerando assim uma teia de ideias e conexões do assunto.

Gamificação

Esta pode não ser uma técnica propriamente dita de Brainstorming, mas pode ser uma excelente oportunidade de colher ideias dos colaboradores.

Isto por que, por meio de uma competição saudável, a técnica desenvolve a participação dos funcionários.

Além de melhorar a produtividade da empresa como um todo.

Teleporte, Mudança de lugar e Viagem no Tempo

Estas três modalidades podem ser de grande auxílio dando uma grande gama de ideias para o processo.

No teleporte, utilize-se da imaginação, enfrente o problema em questão nos mais variados cenários.

A mudança de atributo, consiste em se colocar na pele das pessoas afetadas, por exemplo, o que o consumidor espera do produto que será vendido.

Neste ponto, tente também pensar o que alguém que você admira faria: “O que Mark Zuckerberg faria?”

E a viagem no Tempo, por sua vez, consiste em pensar como o problema seria resolvido em um outro tempo da história com um outro cenário.

Independente de qualquer técnica escolhida, invista na quantidade de ideias, busque os mais variados cenários.

Lembrando, que não é preciso decidir as coisas na hora, alguém tem que ter o poder decisório, neste caso, o líder da reunião.

Além disto, toda e qualquer decisão que seja tomada, deve ser passada para os participantes para que acompanhem os resultados.

Invista em gestão tecnológica e ganhe em produtividade no negócio

Seja qual for a estratégia adotada, invista em organização para eficiência dos processos.

Para este ponto, adquira um sistema de gestão fiscal e administrativa, como os disponibilizados pela Soften Sistemas.

A empresa é especializada em sistemas de gestão, com modelos tanto em nuvem quanto em desktop.

Além de disponibilizar treinamento e suporte técnico ilimitado com eficiência e agilidade.

Conheça Soften Sistemas

Entre em contato ainda hoje com a Soften Sistemas e conheça mais sobre os serviços.

Gostou deste artigo? Compartilhe com os seus amigos e continue a acompanhar a atualização diária do Blog da Soften.

Se ficou alguma dúvida, deixe seu comentário que a Soften lhe responderá!

Diogo Oliveira
Diogo Oliveira

É jornalista e especialista em textos informativos. Atualmente escreve os textos da Soften para a mídia, redige e-books e auxilia no blog. Nas horas vagas, gosta de ouvir música, ler sobre atualidades e política e assistir séries.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economize tempo e dinheiro.
Promova já o crescimento
da sua empresa.

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!