Saiba como preparar sua empresa para a Black Friday

Ivan Pereira - 21/09/2018 - 0 Comentário(s)

A Black Friday é uma das principais datas promocionais no calendário comercial.

A data que acontece comumente na quarta Sexta-feira de Novembro, surgiu nos EUA e vem se expandindo pelo mundo.

A Black Friday brasileira é um evento um pouco polêmico, mas que ainda anima comerciantes e clientes.

Por este motivo, é preciso que os negócios estejam preparados e saibam as melhores práticas.

Veja aqui neste artigo da Soften como preparar a empresa para esta data especial.

O que é Black Friday?

O termo Black Friday não tem uma origem certa e há uma série de explicações possíveis, sendo as mais comuns:

Uma teoria conta que o termo nasceu no século XIX, quando se conta que em uma sexta feira duas grandes corporações faliram.

Outra teoria, a mais aceita, advém dos anos 60 no estado da Filadélfia nos Estados Unidos.

Segundo esta história os policiais chamaram a Sexta-feira, pós feriado do dia de ação de graças, de “Sexta-feira negra”.

Tudo isto por conta da grande movimentação advinda do feriado, da qual os comerciantes passaram a se aproveitar.

A partir disso, surgiu esta data que acontece todo ano, sempre na quarta Sexta-feira do mês de Novembro.

Onde as lojas, físicas e online, dão descontos em diversos produtos e serviços com o intuito de queimar o estoque para o Natal.

Nos EUA, a Black Friday é uma das principais datas promocionais e que mais vendem no país.

No Brasil, o evento comercial chegou no início dos anos 2000, primeiro no comércio eletrônico.

Depois foi expandindo e os comércios físicos passaram a aderir à data, tornando-a uma das principais do ano.

Atualmente o evento se estende até a Segunda-feira próxima, que recebe o nome de “Cyber Monday”.

No qual o consumidor, que não comprou na Black Friday, por algum motivo consegue aproveitar os descontos.

Panorama do Black Friday brasileiro

No Brasil, a Black Friday possui a má fama de instituir descontos maquiados nos valores dos produtos.

Muitas lojas usavam políticas de descontos enganosos, tendo grandes alterações em valores de fretes ou semelhantes.

Desta forma, a grande maioria dos consumidores apelidaram a Black Friday Brasil de “Black Fraude”.

Para melhorar a fama da data, a camara-e.net (Câmara Brasileira de Comércio Eletrônica) criou a campanha do Black Friday Legal.

Tal campanha tem como objetivo conscientizar lojistas e consumidores para práticas fraudulentas durante a Black Friday.

Para aderir à campanha basta possuir um CNPJ, não estar na lista negra do PROCON e fazer parte do movimento e-MPE.

As empresas e lojas participantes podem ter bons resultados ao praticar preços baixos e descontos reais.

Mesmo cercado de certo receio a Black Friday no Brasil têm apresentados bons resultados para gigantes como as Casas Bahia, Ponto Frio, etc.

Em 2018, a previsão é de que a data comercial seja realizada no dia 23 de Novembro mesmo com a rejeição de alguns comerciantes.

Isto por que, algumas associações comerciais desejavam antecipar a data para o fim de setembro ou início de outubro, para não afetar o desempenho do Natal.

De qualquer maneira é necessário planejamento e preparação, pois sem os mesmos a empresa pode chegar a ter grandes prejuízos.

Como se preparar para a Black Friday e aumentar as vendas?

A Black Friday é uma das épocas mais importantes do ano, e é preciso um bom planejamento para estruturar as estratégias de venda durante o evento.

Um maior sucesso de vendas e bons resultados só é alcançado quando há organização.

E para que a empresa possa aproveitar ao máximo a oportunidade de desencalhar os produtos das prateleiras, alguns passos são importantes.

O principal fator a ser estruturado é a organização e estruturação de todo o processo de vendas da Black Friday.

Os três passos essenciais, são:

1 – Escolha os produtos e descontos certos

Faça uma análise e reúna produtos que estão encalhados nas prateleiras e que estejam saindo da moda.

No caso de trabalhar com serviços, estude a possibilidade do desconto e o efeito que terá sobre a empresa.

Em hipótese alguma coloque no plano produtos novos e que chegaram a pouco tempo na empresa.

No momento de calcular o desconto do seu produto ou serviço, não se esqueça de pensar na margem mínima de lucro positivo.

E se for necessário negocie com o seu fornecedor a possibilidade de valores menores de aquisição.

2 – Organize e reforce a estrutura

Lembre-se, é um dia de grande movimento e com grande fluxo de pessoas, o espaço precisa estar preparado.

Tenha plena certeza de que os clientes que se dirigirão até sua loja tenha um local de fácil acesso e bom atendimento.

Se for um comércio online, certifique-se de que o seu sistema ou site conseguirá atender a demanda.

E além disso organize-se para que o seu estoque tenha a quantidade necessária de produtos.

Se for o caso de atrasar um pouco as entregas, por conta do grande número, deixe bem claro para os clientes.

Além disso, utilize todas as ferramentas disponíveis do marketing para a divulgação, seja coerente e atraia o seu público.

Black Friday

3 – Tenha cuidado com o atendimento e o pós-venda

Um bom atendimento é um diferencial, bons vendedores e bem preparados garantem maiores resultados.

Além de aumentar a possibilidade de retenção e fidelidade dos clientes nesta data.

É o momento de aproveitar o grande fluxo de pessoas para coletar contatos e quem sabe atrair mais clientes fiéis.

Por isso, invista e estruture bem o processo de pós venda, estabeleça contato com seu cliente.

Certifique-se de que você ofereceu mais do que produtos para o consumidor e que você o valoriza.

4 – Mantenha uma boa gestão fiscal e administrativa

Para garantir melhores resultados e segurança para o negócio, tenha organização e uma gestão bem estruturada.

Neste ponto, invista em tecnologia com sistemas de gestão ERP que integra as áreas fiscal, de estoque, comercial e financeiro.

Que além de garantir agilidade, oferece eficiência e bons resultados para o negócio.

Além de também oferecer à empresa melhorias para o atendimento e vendas na Black Friday.

Sistema de Gestão é com a Soften Sistemas

No momento de investir em um sistema de gestão empresarial e fiscal, pense na Soften Sistemas.

Sendo uma das empresas referência no setor, oferecendo atendimento de qualidade e sistemas eficientes para o negócio. 

Entre em contato ainda hoje e adquira um software da Soften, além disso tenha o auxílio do suporte técnico especializado.

Conheça Soften Sistemas

Gostou deste texto? Compartilhe-o com seus amigos e continue a acompanhar o Blog da Soften e as Redes Sociais: FacebookInstagram,TwitterLinkedin Youtube.

Tem alguma dúvida ou comentário sobre o artigo? Utilize o campo abaixo que a Soften lhe responderá.

Ivan Pereira
Ivan Pereira

Ivan é gerente de vendas na Soften Sistemas. É pro-gamer de diversos jogos na internet. Adora comida japonesa e filmes de comédia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

Experimentar agora
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!