Confira Todos os Passos para se Cadastrar no Auxílio Emergencial

Flávia Scalon - 08/04/2020 - 62 Comentário(s)

Nesta terça-feira (07/03/2020) foi lançado pelo governo o Aplicativo do Auxílio Emergencial, para recebimento do benefício de R$ 600 reais.

O aplicativo foi feito em parceria com a Caixa e está disponível gratuitamente para celulares Android e IOS (iPhone).

Sendo que ele é único e o cadastro para recebimento do dinheiro é válido apenas pelo mesmo ou pelo site.

A seguir, tire todas as dúvidas sobre o benefício e saiba como fazer o cadastro passo a passo. Confira!

Entenda sobre o Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial é um benefício de R$ 600 reais, que serão pagos a aqueles que não tem como se manter financeiramente devido a crise do COVID-19.

Esse processo ajuda pessoas que, por conta do isolamento social, não conseguem trabalhar e consequentemente, passam por dificuldades financeiras.

Assim, o governo auxilia trabalhadores informais, sem carteira assinada e renda fixa com o benefício, por três meses.

Ele pode ser recebido por até dois membros da família e em caso de mulheres monoparentais (que são a única fonte de renda), será possível receber o benefício em dobro (R$ 1,2 mil mensais).

O Auxílio será repassado às pessoas em etapas, sendo que a primeira etapa de pagamentos será feita dia 09 de Abril (quinta-feira) para trabalhadores informais que estão no Cadastro Único.

Nesta data, apenas correntistas da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil receberão o dinheiro.

Para os demais, está previsto que seja liberado a partir de 14 de Abril (terça-feira) – exceto beneficiários do Bolsa Família, que recebem a partir de 16 de Abril.

Para aqueles que não têm uma conta corrente e teve uma conta criada gratuitamente pela Caixa, valerá a data de 14 de Abril.

Quem tem Direito ao Benefício?

O Auxílio Emergencial é destinado para Microempreendedores Individuais (MEI), trabalhadores informais, contribuintes individuais da Previdência Social e desempregados.

E para recebimento do auxílio, são necessários os seguintes requisitos:

  • Ser maior de 18 anos de idade;
  • Não ter emprego formal;
  • Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou participar de programa de transferência de renda federal (exceto Bolsa Família);
  • Ter renda familiar mensal por pessoa, de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal total, de até três salários mínimos;
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70;
  • Exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Saiba como se Cadastrar no Auxílio Emergencial pelo App

É possível fazer o cadastro para recebimento do benefício pelo site, telefone ou aplicativo – disponibilizado pelo governo em parceria com a Caixa.

Veja o passo a passo para cadastramento por meio do Aplicativo Caixa Auxilio Emergencial:

Passo 1

Faça download do App ‘Caixa Auxilio Emergencial‘:

Links: Android e IOS

Obs: Fique atento a aplicativos falsos e não oficiais, pois, quando se faz a busca para download, nem sempre o app oficial é o primeiro a aparecer. O correto é o app com a Inscrição da Caixa Econômica Federal, como o da imagem!

Passo 2

Assim que o App é baixado, a tela inicial do mesmo mostra as seguintes opções: ‘Realize sua solicitação’ e ‘Acompanhe a solicitação’.

Caso não tenha feito a solicitação ainda, clique em ‘Realize sua Solicitação’.

Passo 3

Antes de dar início ao cadastro, o App descreve todos os requisitos dos trabalhadores que têm direito a receber o benefício.

Leia todos atentamente e após isso clique nas duas caixinhas para declarar que se encaixa em todas as condições e autorizar acesso aos seus dados para validação.

Passo 4

Comece a se cadastrar informando os dados pessoais (Nome Completo, CPF, Data de Nascimento e Nome da mãe).

Logo clique na caixinha ao lado de ‘Não sou um robô’ e depois em ‘Continuar’.

Passo 5

Informe um número de celular para que o código de verificação seja enviado e clique em ‘Continuar’.

Passo 6

Após informar o ‘código de verificação‘, insira os dados sobre sua renda e ocupação e clique em ‘Continuar’.

Passo 7

Preencha os dados de todos os membro de sua família que possuam CPF e moram em sua casa. Se for mulher e chefe de família, marque a opção designada e clique em ‘Continuar’.

Passo 8

Escolha se deseja receber o auxílio em uma conta bancária existente ou se prefere abrir uma poupança digital na caixa.

– Se decidir abrir uma conta, basta clicar na opção e informar um documento de identificação (RG ou CNH).

– Em caso de recebimento em uma conta existente, basta escolher a opção ‘Receber em conta existente’ e informar o banco, agencia e conta corrente.

Passo 9

Agora é o momento de conferir todas as informações no resumo fornecido. Se todas estiverem corretas, basta clicar em ‘Concluir sua solicitação’.

Passo 10

Aparecerá uma mensagem dizendo que a solicitação está em análise. Agora basta aguardar e acompanhar a solicitação pelo App.

Cadastros em Análise ou Negado: O que Fazer?

Em caso de qualquer problema com seu cadastro, é preciso entrar em contato com o Governo ou a Caixa Federal.

Se a situação estiver ‘em Análise’, é porque a caixa e o governo ainda não analisaram o cadastro, ou seja, irão analisar em algum momento e dar uma resposta.

Em caso de ‘Solicitação Negada’, é necessário fazer a contestação da reprovação do auxílio ou fazer uma nova solicitação, por meio do App ou site.

Em caso de ‘Dados Inconclusivos’, faça uma nova solicitação e insira todos os dados pedidos. Segundo a Caixa, os motivos da inconclusão são:

  • Marcação como chefe de família sem indicação de nenhum membro no cadastro;
  • Falta de inserção da informação do sexo (Feminino – Masculino);
  • Informação de dados incorretos de membros da família, tais como CPF e data de nascimento;
  • Divergência de informações no cadastramento entre membros da mesma família;
  • Inclusão de algum membro da família com indicativo de óbito.

Lembrando que: a Soften não tem nenhum vinculo com o Auxílio Emergencial, apenas informamos sobre os direitos dos empresários, todo e qualquer problema deve ser tratado com o Governo ou a Caixa Federal.

A Soften está do lado dos Empresários Brasileiros

Em meio a crise do COVID-19, a Soften está apoiando todos os empresários brasileiros e ajudando em todas as informações necessárias sobre o momento atual.

Além disso, também apoia todos os clientes e oferece todo suporte preciso para eventuais problemas nos sistemas.

Toda a Gestão Fiscal e Empresarial oferecida pelos sistemas Soften Siem e GerencieAqui é qualificada e completa, permitindo otimização a todos os usuários.

Para saber mais sobre os serviços e produtos oferecidos pela Soften, entre em contato.

Não se esqueça também de acompanhar as dicas e os conteúdos do Blog e das Redes Sociais: FacebookInstagramTwitterLinkedin e Youtube.

Compartilhe este conteúdo, e caso tenha alguma dúvida deixe seu comentário abaixo.

Flávia Scalon
Flávia Scalon

É formada em publicidade e propaganda, pós graduada em gestão de comunicação integrada e uma das principais autoras do blog. Especialista em assuntos fiscais. Nas horas vagas, gosta de ler sobre romance, comédia, drama, entre outros assuntos, também curte vários estilos musicais e aprecia múltiplas culinárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

62 Comentário(s)

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!