Alteração no captcha da Sefaz pode afetar consultas da NFe

Flávia Scalon - 07/11/2017 - 5 Comentário(s)

No dia 21 de Outubro, a Sefaz passou a utilizar outra forma de consulta das NFes (alteração no captcha), de forma que algumas empresas ou escritórios de contabilidade que utilizam sites de consulta à Notas Fiscais, poderão ter problemas.

Na conclusão da consulta, após inserir a chave era preciso inserir o captcha, que era uma sequência de letras e números.

É possível que com a atualização da consulta, algumas empresas de contabilidade, possam ter problemas com o novo captcha.

Verifique a seguir a mudança feita pela Sefaz na consulta da chave de acesso.

 

Entenda o que é o Captcha e para que serve

O captcha serve para comprovar para um computador, que quem faz a consulta é um humano e não outro computador.

É uma ferramenta auxiliar, para evitar spams ou mensagens disparadas de outros computadores ou robôs.

A ideia é que a resposta ao captcha seja impossível a um computador, para que somente seres humanos possam ter acesso ao envio de informações.

 

Como funcionava a consulta da NFe?

Para fazer consultas no site da Sefaz, é necessário o número da chave de acesso da Nota Fiscal, certificado digital autorizado e inserção do captcha.

Esse captcha, antes, era como uma sopa de letras, sendo necessário digitar diversos caracteres, para assim conseguir consultar a nota no site. Como a imagem abaixo:

Captcha

Captcha

 

Com esse tipo de captcha, os sistemas contábeis ainda conseguiam burlar um dispositivo de segurança e acessar as informações das notas.

Porém, por conta da mudança feita, pode ser que não seja mais possível a consulta da NFe ao sistema através dos softwares.

 

Como funciona a consulta da NFe agora?

Agora, desde o dia 21 de Outubro, o sistema da Sefaz adotou o captcha do Google, que é utilizado em vários sites, por ser mais seguro.

Nele, ao invés de digitar uma série de caracteres de uma determinado imagem, é necessário clicar em uma caixa de seleção, descrita como ‘Eu não sou um robô’ e classificar imagens (placas de rua, veículos, animais, etc). Como imagem abaixo:

Captcha2

 

Por conta dessa atualização, as empresas que oferecem serviço de consulta de NFe, não conseguirão burlar o dispositivo de segurança para a ‘quebra do captcha’.

 

Considerações finais

Caso você tenha uma empresa que ofereça serviços de consulta ou recuperação de Notas Fiscais Eletrônicas, esteja atento, pois essa atualização pode afetar seu serviço.

É possível que haja alguns problemas por conta da atualização, como dito ao decorrer do texto, portanto, é necessário fazer as adaptações necessárias e evitar maiores conflitos.

Para saber mais sobre assuntos fiscais, acesse nosso blog, ou entre em nosso site (www.softensistemas.com.br) e conheça nossa empresa e produtos.

 

Flávia Scalon
Flávia Scalon

É formada em publicidade e propaganda, pós graduada em gestão de comunicação integrada e uma das principais autoras do blog. Especialista em assuntos fiscais. Nas horas vagas, gosta de ler sobre romance, comédia, drama, entre outros assuntos, também curte vários estilos musicais e aprecia múltiplas culinárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Comentário(s)

Sistema de Gestão Empresarial com Emissor NFe

           Experimentar grátis
Receba Grátis Materiais e Ebooks. Saiba como!